Cidade Super Destaques

Eleições em Sete Lagoas – Coronel Peçanha não é mais candidato a prefeito

O Coronel Peçanha (Cidadania) declarou, em nota, que não será mais candidato a prefeito de Sete Lagoas. O motivo foi a transferência do seu domicílio eleitoral, realizado fora do prazo determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral. “Em 14 de maio de 2020, ( o Coronel Peçanha) retornou definitivamente para a sua casa em Sete Lagoas e, em 15 de abril de 2020, solicitou ao Cartório Eleitoral da Cidade a transferência de seu domicílio eleitoral, portanto, considerado fora do prazo legal de acordo com a emenda constitucional nº 107, que manteve a data final de 04 de abril de 2020”, informou o PTB em nota. O partido lançaria a empresária Dóris Andrade como vice da chapa.
 “Em face disso, eu, Coronel Peçanha, comunico com muita tristeza e pesar à sociedade de Sete Lagoas que, lamentavelmente, não poderei seguir adiante com a minha candidatura à Prefeitura da cidade de Sete Lagoas por entender que, por conta de o meu domicílio eleitoral ter sido transferido fora do prazo estabelecido pelo TSE, juridicamente, não há precedentes legais que me levem a concorrer ao Pleito Eleitoral de 2020 como candidato a Prefeito. Ciente de que esta é uma decisão muito difícil de se tomar, porém, como cidadão e como eterno soldado que sou, eu não posso me furtar da minha obrigação de fazer aquilo que é justo e correto diante de um fato novo que tomei conhecimento no dia de ontem” , afirmou.
Veja nota na íntegra:
COMUNICADO OFICIAL À SOCIEDADE DE SETE LAGOAS
Coronel Marcos PEÇANHA da Cruz
Sete Lagoas-MG, 27 de setembro de 2020.
Estimados parentes, amigos e cidadãos da cidade de Sete Lagoas! Como é do conhecimento dos senhores e senhoras, eu, Coronel Peçanha, embora resida em Sete Lagoas desde dezembro de 1990, tendo sido eleitor neste Município no período de 1991 a 1997, quando aqui servi no 4º Grupo de Artilharia Antiaérea, por força da minha profissão militar, fui transferido para diversas regiões do Brasil, mas sempre mantive vínculos com Sete Lagoas por possuir residência na cidade.
Ao encerrar a minha carreira militar em Brasília/DF, no dia 14 de maio de 2020, tendo sido, com este ato, transferido para a reserva remunerada, retornei definitivamente para a minha casa em Sete Lagoas. No mês de abril de 2020, estive diversas vezes em Sete Lagoas onde tive a oportunidade de conhecer o Presidente do Partido Cidadania, que imediatamente convidou-me para integrar o Partido, o que por conta da minha situação de militar da ativa, tal filiação só veio a se efetivar em 15 de maio de 2020, 24 horas após eu ter passado para a inatividade, tendo sido excluído do serviço ativo e transferido para a reserva remunerada.
Em 14 de abril de 2020, o Partido Cidadania solicitou o meu título eleitoral com o objetivo de verificar o meu domicílio eleitoral a fim de lançar a minha pré-candidatura tão logo fosse transferido para a reserva remunerada.
Ao verificar que o meu domicílio ainda se encontrava em Brasília, o Presidente do Partido declarou que eu poderia fazer a transferência de domicílio para Sete Lagoas, porque o Cartório Eleitoral estava fechado ao público desde março e, com isso, a referida transferência, segundo o Presidente do Partido, poderia ser feita retroativamente, mesmo fora do prazo estabelecido pelo TSE em 04 de abril de 2020.
O processo de transferência do domicílio eleitoral foi encaminhado eletronicamente, conforme orientação do Presidente do Partido e foi efetivado pela Justiça Eleitoral em 23 de maio de 2020. Após isso, os trabalhos durante o período de Pré-Candidatura foram sendo realizados com vistas a levar a efeito uma possível candidatura, o que veio a se concretizar durante a Convenção do Partido Cidadania, realizada no Salão do Hotel Veredas, às 19 horas do dia 11 de setembro de 2020, com a aprovação da Candidatura Majoritária Coronel Peçanha e Doris de Andrade, originando-se, com isso, a Coligação SETE LAGOAS, POR DEUS E PELA FAMÍLIA, união dos Partidos Cidadania, PTB e PTC.
Após o registro da candidatura, a equipe jurídica da Chapa Majoritária conferiu detalhadamente todo o processo e identificou que a transferência de meu domicílio eleitoral de Brasília para Sete Lagoas foi processada pelo Cartório Eleitoral apenas em 23 de abril de 2020, sendo que tal processamento se deu fora do prazo legal estabelecido pela Justiça Eleitoral, que era em 04 de abril de 2020.
Em face disso, eu, Coronel Peçanha, comunico com muita tristeza e pesar à sociedade de Sete Lagoas que, lamentavelmente, não poderei seguir adiante com a minha candidatura à Prefeitura da cidade de Sete Lagoas por entender que, por conta de o meu domicílio eleitoral ter sido transferido fora do prazo estabelecido pelo TSE, juridicamente, não há precedentes legais que me levem a concorrer ao Pleito Eleitoral de 2020 como candidato a Prefeito. Ciente de que esta é uma decisão muito difícil de se tomar, porém, como cidadão e como eterno soldado que sou, eu não posso me furtar da minha obrigação de fazer aquilo que é justo e correto diante de um fato novo que tomei conhecimento no dia de ontem.
O desejo do fundo do meu coração é e sempre será servir à sociedade de Sete Lagoas e, com isso, contribuir para transformar a Cidade a fim de torná-la um lugar melhor para se viver, trabalhar e produzir.
Finalmente, gostaria de agradecer a confiança, o carinho e o incentivo que encontrei em todos os vereadores do Cidadania, do PTB e PTC, que decidiram caminhar comigo e Doris; agradecer ao Sr. Antonio Pontes, que desde o primeiro encontro que tivemos tratou me com cordialidade, amabilidade e confiança; aos Presidentes do PTB e do PTC, que forjaram junto comigo e Doris uma aliança de transparência, lealdade, fidelidade e confiança mútua, bem como agradeço a todos os cidadãos que acreditaram e ainda acreditam na pessoa do Coronel Peçanha.
Eu concluo essas palavras, declarando que “sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”. Uma coisa eu tenho certeza, o meu Deus está no controle de tudo e as 3 portas que estão se fechando para este ano de 2020, certamente serão abertas em outras oportunidades. Que o Senhor dos Exércitos abençoe a todos com toda sorte de bênçãos.
Coronel Marcos PEÇANHA da Cruz
Avatar

Redação Redação

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

outubro 2020
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Avatar

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado