Esporte

MARCELO COMEMORA BOA ATUAÇÃO E G-4, MAS FALA DE AJUSTES NA EQUIPE

Marcelo Oliveira comemora quinta vitória seguida do Galo no Brasileiro (Foto: Reprodução/Premiere)
Marcelo Oliveira comemora quinta vitória seguida do Galo no Brasileiro (Foto: Reprodução/Premiere)

A vitória do Atlético-MG sobre a Chapecoense, por 3 a 1, nesta segunda, no Independência, foi importantíssima para os planos do time no Brasileirão por vários motivos. O primeiro, claro, os três pontos, que deixaram a equipe na vice-liderança do campeonato, a apenas um ponto do Palmeiras. Além disso, o time mostrou mais uma vez um grande poderio ofensivo, marcou bonitos gols e teve uma vitória tranquila, sem sustos – a quinta seguida. Por último, é de se comemorar que nenhum jogador recebeu cartão amarelo, já que o próximo confronto é direto, contra o Santos, na Vila Belmiro, e nove atleticanos estavam pendurados com dois cartões amarelos. Marcelo Oliveira lembrou todos estes fatores ao comentar a vitória, mas ressaltou que o time precisa de ajustes, principalmente na defesa

– Acho que tem uma combinação de coisas importantes. A posição na tabela nesse momento, mais do que isso estar a um ponto do líder, estabelecer cinco vitórias consecutivas, acho que isso é importante, fortalece muito como time. Saber, também, que temos coisas a ajustar ainda. Por mais que a Chapecoense seja um time muito bem armado, que se defende muito bem, (o time) chegou mais vezes do que poderia no nosso gol. Finalizou bastante, embora chutes a longa distância. Mas foi um jogo consistente, a parte ofensiva mais uma vez definindo com jogadas bonitas, gols bem trabalhados. Vamos comemorar, depois preparar bem para iniciar o (segundo) turno no jogo contra o Santos, que é de fundamental importância, concorrente direto na parte da frente. Não teve cartão, não teve maiores problemas

Apesar de mais um excelente desempenho ofensivo do Atlético-MG, a dupla Pratto e Fred ainda parece precisar de alguns ajustes para render mais. Marcelo reconhece que o sistema de ataque do Galo ainda está em fase de adaptação, mas garante que não há do que reclamar

Galo vence a quinta seguida, entra no G-4 e cola no líder; Chape aumenta jejum
Galo vence a quinta seguida, entra no G-4 e cola no líder; Chape aumenta jejum

– Não podemos reclamar do poder ofensivo do nosso time. Estamos fazendo adaptação com estes jogadores. Jogávamos com um jogador voltando no meio, armando. (Pratto e Fred) são dois atacantes. O que a gente faz para compensar isso é trazer o Robinho um pouco por dentro, as vezes o Maicosuel. É uma nova forma depois que o Pratto voltou, diferente daquele início. A parte ofensiva está muito boa. Não precisamos de modificação, precisamos de ajustes. Um time quando se propõe a ser ofensivo, a jogar com quatro atacantes e laterais passando, naturalmente, em algum momento, pode deixar espaço para o adversário, para contra-ataques. Isso aconteceu. Eles finalizaram muito, algumas finalizações mais precisas, mas muitos chutes de fora da área também. (O time) está no caminho certo. Todo mundo se ajudando quando não tem a bola. Isso é muito importante para o time.

Evolução

As primeiras semanas de Marcelo no comando do Galo não foram nada boas. Muitas lesões, modificações forçadas na equipe e jejum de vitórias. Depois disso, à medida que os titulares foram voltando e que o treinador teve tempo para trabalhar, os resultados começaram a aparecer. Nas últimas cinco rodadas do primeiro turno, cinco vitórias – pela primeira vez na temporada. Marcelo avalia o momento atleticano e a evolução no Brasileirão.

– Tivemos dificuldades no início. Quando chegamos, eram 11 jogadores machucados. Fizemos 15 jogos em dois meses, isso significa praticamente três dias e meio para cada jogo, com viagem, pós-jogo que não se treina. Aí tivemos a possibilidade de treinar um pouco mais, o time do Atlético já tem uma base boa. Nós crescemos, acho que tudo tem conspirado a favor. Criamos opções para utilizar e mudar um jogo. Essas situações vão acontecendo naturalmente. O importante é que os jogadores estão muito unidos, comprometidos, jogando com prazer e alegria, o que é o mais importante.

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.