Automóveis

Fiat Argo Trekking automático: descanso para o pé esquerdo

Foto: FCA/Divulgação

Versão aventureira e automática do Argo traz, além do novo câmbio, motor mais potente; preço parte de R$ 68.990

O mercado automotivo brasileiro tem suas peculiaridades e muitas delas se tornam verdadeiro marcos na história da montadora responsável pelo feito. Como exemplo podemos citar a Ford, a quem cabe a primazia de ter sido a fabricante que lançou, no Brasil, o segmento dos utilitários esportivos, com a chegada do Ecosport no distante ano de 2003.

Da mesma forma que os americanos criaram os SUVs por aqui, os italianos da Fiat têm o direito da reivindicação pela chegada ao mercado das versões de seus modelos com apelo aventureiro. Há vinte anos a variante do Palio, a perua Weekend, recebia adereços, estribos nas laterais das portas e outras “bossas” para fazer jus ao sobrenome Adventure.

E de lá para cá, a montadora italiana segue investindo nesta proposta, depois de lançar, no ano passado, uma versão para o “fora de estrada” do compacto Argo, a Trekking, recentemente voltou a ocupar espaço na mídia, ao oferecer a opção de câmbio automático para o modelo.

Nossa reportagem avaliou o modelo por dez dias e pode comprovar que agora esta versão não tem apenas o visual aventureiro, que encara trechos de estrada não asfaltada e passa bem por lombadas e obstáculos, segue em sua proposta, mas, agora, com o conforto de não ter que trocar as marchas e de um motor mais potente.

Foto: FCA/Divulgação

Vantagem 

Desde seu lançamento o Argo já vendeu mais de dez mil unidades e agora esta versão aventureira com o caixa de transmissão automática, por certo, vai contribuir para que o compacto siga em trajetória de boas vendas.

Vale ressaltar que existem muitos motoristas que ainda tem preferência por passar as marchas. É preciso entender que o brasileiro foi apresentado, mais popularmente, ao “automático”, há pouco menos de dez anos.

Contudo, não há como negar que ele proporciona mais conforto para o condutor e descanso para o pé esquerdo, que não tem mais o trabalho de acionar a embreagem para as trocas constantes de velocidade.

A novidade começa pelo motor, que passou a contar com a opção do bloco de 1.8 litros e 139 cavalos de potência. O câmbio automático é de seis velocidades e é o mesmo que equipa a versão topo de gama do Argo, o HGT. Os preços começam em R$ 68.990, contra R$ 59.990 do manual.

Foto: FCA/Divulgação

Plus 

O Argo Trekking automático incorpora os mesmos diferenciais do manual, o que inclui visual com pegada mais robusta, suspensão elevada (altura em relação ao solo de 210 mm, a maior da categoria), adesivos exclusivos e pneus de uso misto.

Entre os principais itens de série, destaque para ar-condicionado, direção elétrica, computador de bordo com tela TFT, rodas de liga-leve, central multimídia com tela de sete polegadas sensível ao toque e compatível com Android Auto e Apple CarPlay, vidro dianteiros e traseiros elétricos, retrovisores elétricos, faróis de neblina, volante e bancos com regulagem de altura e luz guia de LED.

Como opcionais, estão disponíveis câmera de ré e quadro de instrumentos de 7 polegadas em TFT, ar-condicionado digital, retrovisores externos com rebatimento elétrico, luz de conforto entre outros.

Também contribuem para completar a proposta de uso do fora-de-estrada, os pneus de uso misto Scorpion ATR 205/60R15 91H S-ATR WL, com banda de rodagem para o uso misto, montados exclusivamente para esta versão, mesmo com perfil mais alto, não deixa o conforto na rodagem de lado, e é notória o trabalho de engenharia que revisitou o chassis as molas, amortecedores e até a direção elétrica.

Foto: FCA/Divulgação

Acessórios Mopar 

A versão Trekking traz também algo que é tendência no mercado, o teto bicolor. Retrovisores e aerofólio acompanham a cor do conjunto. Adesivo preto no capô, faróis com design em LED, molduras nas caixas de roda e do para-choque traseiro, logomarca da Fiat com acabamento em cromo escurecido na traseira.

A ponteira de escapamento trapezoidal e as rodas com calotas escurecidas, também contribuem para deixar a versão adequada à sua proposta. O modelo pode ser equipado com dois acessórios exclusivos da Mopar: as barras transversais de teto e o suporte para bicicleta.

Este é apoiado naquelas, que, por sua vez, precisam das barras longitudinais – item de série específico da configuração aventureira do hatch. E agora, tudo isso, com o conforto de um câmbio automático de seis velocidades.

 

 

O Tempo

Avatar

Gleidson Almeida

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

  • https://pt.calameo.com/read/001200430c3db474b9ef2

AGENDA

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Gleidson Almeida

Avatar

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado