Cidade Saúde Super Destaques

Combate à Dengue continua; veja bairros com mais casos confirmados

Divulgação/Ascom PMSL

Prefeitura continua trabalhando para combater o mosquito da dengue

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, as baixas temperaturas do inverno não afastam os riscos provocados por doenças como dengue, zika e chykungunia. Por isso, a Prefeitura de Sete Lagoas continua trabalhando forte no combate ao mosquito transmissor da doença com a realização do mutirão da limpeza e ainda a atuação de 170 agentes de endemias em todas as regiões da cidade.

Nos primeiros meses do ano, Sete Lagoas apresentou números alarmantes quanto aos casos confirmados de dengue. Até a primeira quinzena de maio, o registro semanal de notificações era considerado preocupante, mesmo com a operação de combate iniciada pela Prefeitura em março. O pico de confirmações foi a semana de 12 a 18 de abril, quando 116 pessoas contraíram a doença. “No fim de janeiro, o índice de infestação identificado na cidade previa uma situação de epidemia. Por isso, foi preciso fazer uma verdadeira operação de guerra para diminuir a proliferação do Aedes aegypti”, explica o gerente do Controle de Dengue da Secretaria Municipal de Saúde, Adriano Marcos Pereira de Souza.

Além de colocar equipes nas ruas fazendo a limpeza de vias públicas e visitando residências para identificar, eliminar focos e orientar os moradores, foi utilizado o fumacê costal para bloquear a infestação do mosquito em locais com maior registro de casos confirmados. “O fumacê foi importante porque os agentes entram nas residências e realizam o trabalho. O levantamento mostrou que mais de 80% dos focos estavam dentro das residências. É preciso apoio de todos neste combate”, ressalta Adriano Marcos.

Sueli Lacerda ressalta que a queda de notificações nesta época do ano é histórica, porém, o Aedes aegypti continua circulando no período. “Se os criadouros não forem eliminados, os ovos depositados podem permanecer intactos por meses e originar um novo ciclo do mosquito”, completa.

O último relatório mostra que, na semana entre 25 de junho e 1º de agosto, foram registrados apenas cinco casos confirmados da doença na cidade. No entanto, em 2020, foram 1.168 casos positivos de dengue e outros dois casos de chykungunia.

Mais casos confirmados:
JK – 51
N. Sra. das Graças – 42
Boa Vista – 40
Cidade de Deus – 37
Carmo I – 36
São Geraldo – 36
Centro – 35
CDI – 34
Jardim Arizona – 32
Montreal – 30
Nova Cidade – 25
Barreiro – 24
Interlagos I – 23
Luxemburgo – 23
Belo Vale I – 22
Iporanga – 22
Progresso – 21
São Francisco – 21
Canaan – 20
Jardim dos Pequis – 20
Jardim Europa – 20

Ascom Prefeitura de Sete Lagoas 

Avatar

Gleidson Almeida

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

outubro 2020
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Gleidson Almeida

Avatar

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado