Esporte

Inconfidência: Enderson vai avaliar torneio, mas Cruzeiro é obrigado a disputar

Raposa terá que analisar qual time mandará a campo em torneio de fundo das finais do Mineiro Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Regulamento determina presença dos grandes clubes da capital na competição em caso de não classificação às semis; não participação gera punições

Com programação para os dias 2 e 5 de agosto, o Troféu Inconfidência, destinado aos times que terminaram a primeira fase do Campeonato Mineiro da 5ª à 8ª posição, fará parte do calendário do Cruzeiro, que terá como rival o Patrocinense, oitavo colocado no Estadual, em Belo Horizonte. A competição ainda não possui grade de TV nem mesmo horário. Mas, apesar da incumbência inglória para a Raposa, o técnico Enderson Moreira admitiu que ainda não sabe o que fará em relação ao torneio de fundo das finais do Mineiro.

Ele, todavia, reforçou que o foco do seu time estará todo na estreia da Série B e não quer que nada impeça isso. A Raposa vai entrar em campo pela Segundona do Brasileiro no dia 8 de agosto, quando pega o Botafogo de Ribeirão Preto, no Mineirão.

“A gente não pensou muito nisso (no Troféu Inconfidência). A gente vai definir. Eu não quero que de forma alguma isso possa atrapalhar nossa preparação para a estreia na Série B. Nós vamos utilizar o que pudermos, vamos estudar um pouquinho o que pode ser interessante, mas tudo como preparação para aquilo que é muito importante, que é, a partir do dia 8, a nossa estreia na Série B. Eu te falo de antemão que nosso objetivo é muito claro, uma boa preparação para jogar contra o Botafogo-SP”, salientou Enderson Moreira.

Sub-20 poderia ser uma possibilidade

Uma das opções seria mandar a campo um time alternativo ou formado por jogadores do sub-20 como parte da avaliação do técnico Rogério Micale, em um período em que os campeonatos de base já possuem data para retornar, mas o elenco ainda carece de preparação.

Recopa Mineira 

O campeão do Troféu Inconfidência também vai disputar a Recopa Mineira contra o Campeão do Interior. Serão dois jogos, em datas que ainda serão marcadas, provavelmente só no ano que vem. O Cruzeiro, todavia, não pode disputar a Recopa. Caso o clube seja o campeão do Troféu Inconfidência, a vaga na Recopa Mineira será do vice-campeão do torneio.

É obrigado participar?

O torcedor do Cruzeiro, com a presença do time no torneio, pode se perguntar se é obrigatório ao time disputar o Troféu Inconfidência. Mas a FMF já havia determinado no regulamento a obrigatoriedade da presença dos grandes clubes do Estado em caso de não classificação às semifinais do Mineiro.

O artigo 21 do campeonato impede que os times da capital mineira se recusem a participar do Troféu Inconfidência e determina penalizações.

“A recusa da disputa do Troféu Inconfidência por qualquer uma das equipes participantes do Campeonato Mineiro SICOOB 2020 caracterizará abandono da Competição, nos termos dos art. 67 e 68 do RGC 2020”.

Os artigos 67 e 67 do Regulamento Geral de Competições estabelecem rebaixamento e multa para as equipes que se recusarem a disputar qualquer estágio do Estadual, entre eles o Troféu Inconfidência.

“Art. 67 – Em caso de desistência, abandono ou exclusão de competição profissional, o clube ficará automaticamente rebaixado para a divisão imediatamente inferior, além de estar sujeito, nas duas últimas hipóteses, a uma multa de até R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) e suspensão de 02 (dois) anos de todas as competições chanceladas pela DCO, sem prejuízo das penas eventualmente impostas pela Justiça Desportiva.

Art. 68 – Em caso de desistência, abandono ou exclusão de competição não profissional, o clube ficará automaticamente rebaixado para a divisão imediatamente inferior (caso ela exista), além de ser suspenso por 02 (dois) anos de todas as competições de base chanceladas pela DCO, sem prejuízo das penas eventualmente impostas pela Justiça Desportiva”.

 

SuperFC

Eldorado1300

AGENDA

dezembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Gleidson Almeida

Avatar

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado