Destaques

Secretaria de Saúde descarta flexibilização em Minas

O secretário Carlos Eduardo Amaral disse que população só deve pensar em relaxar isolamento depois de descoberta uma vacina contra o coronavírus (foto: Gil Leonardi/Agência Minas)

Carlos Eduardo Amaral anunciou que em até um mês serão entregues mais 40 leitos de terapia intensiva no Hospital Júlia Kubitschek

Em meio ao crescente número de casos confirmados e óbitos pela COVID-19 em Minas, o secretário de Saúde do estado, Carlos Eduardo Amaral, pediu que a população não relaxe do isolamento social e enfatizou que o comportamento das pessoas nos próximos 15 dias será crucial no combate à pandemia do novo coronavírus e nas decisões sobre flexibilização no estado.

Sobre a ocupação de leitos de UTI, Amaral explicou que equipamentos, em especial ventiladores e monitores, têm sido distribuídos seguindo critérios técnicos, relacionados aos planos de contingência de cada macrorregião, quantidade de casos em relação ao número de leitos e da população usuária do SUS.

Ele anunciou a entrega de 40 novos leitos de UTI, no Hospital Júlia Kubitschek, que devem estar disponíveis em 30 dias. São resultado de uma obra que se arrastava havia seis anos naquela unidade de saúde, referência na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O secretário adjunto Marcelo Cabral reconheceu a dificuldade na contratação de médicos e profissionais da saúde. “A administração pública, mesmo em contratações emergenciais, tem limitações e deve observar alguns requisitos. Mas já fizemos mais de 20 chamamentos  para os hospitais de referência no estado”.

Amaral preferiu não sinalizar uma data para retomada gradual das atividades. “Não é momento de flexibilizar, ou modificar o isolamento.  Trabalhamos com projeções baseadas em análises técnicas de números que tentam chegar mais próximo da realidade”.

De acordo com secretário, somente após passado o pico da contaminação será possível “avaliar o que aconteceu. Então, começaremos a sinalizar, via programa Minas Consciente, sobre flexibilização”.

Carlos Eduardo frisou que a pandemia trouxe mudanças profundas de hábitos, que deverão ser avaliadas futuramente, “somente depois de descobertas drogas ou vacina que tratem a COVID-19”.

Vacinação contra a gripe

Sobre vacinação contra gripe, Amaral disse que o estado chegou a 95% da meta e lembrou que a partir de agora as vacinas que sobraram nos postos e centros de saúde podem ser utilizadas para imunizar a população fora dos grupos prioritários.

Estado de Minas

Avatar

Gleidson Almeida

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

agosto 2020
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Gleidson Almeida

Avatar

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado