Cidade Super Destaques

Federação defende ampliação de benefício social e pede mais proteção à saúde nas agências

Presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, afirma que é responsabilidade do governo e da direção do banco a garantia de proteção social aos brasileiros como também a adoção de medidas para proteger bancários e sociedade

 

O número de pessoas beneficiadas com o auxílio emergencial poderá aumentar nos próximos dias, caso seja sancionado o projeto aprovado pelo Senado, que amplia o pagamento do valor de R$ 600,00 para mais de 70 categorias de trabalhadores atingidos pela crise do Covid-19.

“É importante que o governo atenda a demanda desses brasileiros, durante atingidos pela crise gerada pela pandemia do coronavírus”, defende o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Jair Pedro Ferreira. “As famílias mais carentes precisam da proteção social e o governo tem de prover o sustento delas”, acrescenta.

O que preocupa as entidades representativas dos trabalhadores da Caixa é que, até agora, o governo e a direção do banco ainda não apresentaram medidas eficazes para evitar filas e aglomerações nas agências. “É responsabilidade do governo e da Caixa a organização do pagamento do auxílio emergencial e adoção de medidas protetivas para evitar o contágio da população e dos bancários. Não podem jogar essa responsabilidade para os empregados”, afirma Jair Ferreira.

De acordo com o substitutivo da Câmara dos Deputados ao projeto de lei do Senado (PL 873/2020), aprovado nesta quinta-feira (23), catadores de material reciclável, agricultores familiares, feirantes, pescadores artesanais que não recebam seguro-defeso, cuidadoras, babás, caminhoneiros e motoristas de aplicativo são algumas das categorias contempladas. Assim como mães chefes de família podem receber R$ 1.200, o projeto prevê que o mesmo valor seja pago também a pais solteiros que sejam o único responsável do lar, bem como a mães adolescentes (menores de 18 anos).

Saque em espécie

A partir da próxima segunda-feira (27), será liberado o saque em espécie do auxílio emergencial. Segundo a Caixa, a operação será feita de forma escalonada.

O calendário para saques será de acordo com a data de nascimento: 27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro; 28 de abril – nascidos em março e abril; 29 de abril – nascidos em maio e junho; 30 de abril – nascidos julho e agosto; 04 de maio – nascidos em setembro e outubro; e 05 de maio – nascidos em novembro e dezembro.

Gerência de Comunicação – Fenae – Fed. Nac. das Assoc. do Pessoal da Caixa

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

setembro 2021
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado