Cidade Saúde Super Destaques

Secretaria Municipal de Saúde divulga novo boletim do coronavírus em Sete Lagoas

Reprodução

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Superintendência de Vigilância Epidemiológica, divulgou, no início da tarde desta quarta-feira, 18, o boletim diário que informa a situação do novo coronavírus em Sete Lagoas. Até o momento são 25 casos notificados, sendo que 20 estão sob investigações, quatro foram descartados e um testou positivo. A Prefeitura disponibilizou mais um serviço de orientação, mas, desta vez, para profissionais que trabalham na linha de frente em unidades de saúde públicas e privadas do município.

O Boletim Epidemiológico é a informação oficial sobre a evolução do coronavírus na cidade. No relatório de ontem (terça-feira, 17) eram 16 casos notificados, com quatro descartados e um positivo relativo a uma mulher de 44 anos de idade, que esteve em países da Europa e retornou ao Brasil no dia 5 de março. Ela e todos os outros pacientes suspeitos passam por tratamento em isolamento familiar. Em Minas Gerais, até terça-feira, 17, foram notificados 794 casos, sendo 692 em investigação, 88 descartados e 14 confirmados.

A Secretaria Municipal de Saúde continua emitindo determinações para evitar a propagação da doença. Tendo como base orientações técnicas do Ministério da Saúde, Secretaria de Estado da Saúde e apoio do Ministério Público, a realização de eventos onde poderia haver concentração de um grande número de pessoas está suspensa. Também estão suspensas feiras livres e aulas em unidades de ensino públicas e privadas. Além disso, cada órgão público municipal poderá flexibilizar o horário de trabalho com o objetivo de aliviar o pico de uso do transporte coletivo. “Estamos mantendo as ações e criamos um serviço novo para orientar qualquer equipe médica que está na retaguarda do monitoramento”, explica o secretário municipal de Saúde, Flávio Pimenta.

O canal de comunicação, via ligação telefônica, é exclusivo para profissionais da saúde, que encontram na ponta da linha enfermeiros e quatro médicos infectologistas para sanar dúvidas, orientar ou prestar qualquer tipo de informação técnica. “Ficaremos no suporte à distância. As unidades de saúde que estão no enfrentamento entrarão em contato e, neste momento, atuaremos para reforçar as ações adequadas”, detalha o médico infectologista, Homero Campos Reis.

Reforçando que, para o público em geral, a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou um call center também para orientar e informar, por meio do número fixo (31) 3773-2576, 24 horas por dia. “Além de canal de comunicação com o usuário, continuaremos fazendo a busca ativa e o monitoramento dos casos identificados. A orientação é importante para que a pessoa entenda em qual momento ela precisa ir em uma unidade de saúde”, completa o secretário Flávio Pimenta.

Como é definido um caso suspeito do novo Coronavírus? 

Considera-se caso suspeito da doença quando o paciente apresentar:

Situação 1 – VIAJANTE: pessoa que apresente febre E pelo menos um dos sinais ou sintomas respiratórios (tosse, dificuldade para respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta, coriza, saturação de O2 < 95%, sinais de cianose, batimento de asa de nariz, tiragem intercostal e dispneia) E com histórico de viagem para país com transmissão sustentada OU área com transmissão local nos últimos 14 dias; OU

Situação 2 – CONTATO PRÓXIMO: pessoa que apresente febre OU pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta, coriza, saturação de O2 < 95%, sinais de cianose, batimento de asa de nariz, tiragem intercostal e dispneia) E histórico de contato com caso suspeito ou confirmado para COVID-19, nos últimos 14 dias.

Situação 3 – CONTATO DOMICILIAR: pessoa que manteve contato domiciliar com caso confirmado por COVID-19 nos últimos 14 dias E que apresente febre OU pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta, coriza, saturação de O2 < 95%, sinais de cianose, batimento de asa de nariz, tiragem intercostal e dispneia). Nesta situação é importante observar a presença de outros sinais e sintomas como: fadiga, mialgia/artralgia, dor de cabeça, calafrios, manchas vermelhas pelo corpo, gânglios linfáticos aumentados, diarreia, náusea, vômito, desidratação e inapetência.

 PREVENÇÃO

– Lavar bem as mãos, especialmente após contato com pessoas doentes ou após tossir e espirrar. Se não houver água e sabão usar álcool em gel;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; 

– Evitar contato próximo com pessoas que apresentem febre, tosse, coriza, dor de garganta ou dificuldade de respirar.

– Evitar sair de casa quando estiver doente ou com a imunidade baixa.

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel descartável.

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

– Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.  Evitar aglomerações e manter os ambientes bem ventilados.

SINAIS E SINTOMAS

Os sinais e sintomas do novo coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção respiratória, como as pneumonias, no entanto, a doença ainda precisa de mais estudos e investigações para caracterizar melhor os sinais e sintomas. Os principais sintomas conhecidos até o momento são:

– Febre;

– Tosse;

– Dificuldade para respirar.

FORMAS DE TRANSMISSÃO

 As investigações sobre transmissão do novo coronavírus ainda estão em andamento, mas sabemos que ela costuma ocorrer através de contato pessoal, por meio de:

– Gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro;

– Contato corporal com pessoa contaminada (toque ou aperto de mão);

– Contato com objetos contaminados, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Divulgação Prefeitura de Sete Lagoas
Divulgação Prefeitura de Sete Lagoas

Ascom Prefeitura de Sete Lagoas

 

Eldorado1300

AGENDA

dezembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Gleidson Almeida

Avatar

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado