Arnaldo Martins Colunistas

Medalhões não

Reprodução da Internet
Reprodução da Internet

Para leitores (as) que não conhecem a Conversa Afiada, fique bem claro para que “não confunda conhaque de alcatrão, com catraca de canhão”. Serei claro para que não haja comparações, distorções de quem publicou o que, e em qual Jornal. Portanto, “Conversa Afiada” é o espaço pelo qual sou responsável pelas matérias publicadas nesse semanário desde Março de 1995.

Em poucos dias completaremos 25 anos levando até você a minha mensagem. Já quem publica conversa fiada em diário, eu desconheço em qual Jornal e não cabe eu julgar.

Existem os “grupos” de WhatsApp que fazem suas manifestações, comentários, sugestões, em fim, um trabalho que merece o respeito cujos direitos de divulgar, e as opiniões são as mais diversas. Da mesma maneira que meios de comunicações (rádios, Jornais) também tem seus profissionais que fazem o seu trabalho, também merecedores do mesmo respeito.

Disse muito recente nesse espaço e serei repetitivo: Se Jesus Cristo não agradou a todos, não serei eu, um simples mortal que agradarei. Reafirmo que meu espaço nesse semanário é “Conversa Afiada”. E nesse mesmo espaço, manifestei meu desejo que haja mudanças nas eleições do dia 04 de Outubro quando nós eleitores, seremos os responsáveis pelas escolhas.

É lamentável ver, por exemplo, as situações pelas quais nossa cidade passa nos últimos anos, sabendo que temos o poder de mudar, e não fazê-lo agora. Pense bem na sua escolha.

Observe como era o Brasil a nível Federal. Doa em quem doer, mas, saímos de uma mesmice na Presidência da República, cujos corruptos apareceram aos montes e estão sendo desmascarados.

Existe ainda a insatisfação da grande maioria dos cidadãos brasileiros quanto à postura do STF que até o momento “não se alinhou”, já que um prende e outro solta. A justiça é cega, ou os benefícios que ainda não foram descobertos pela Polícia Federal?
Serei mais objetivo nas eleições do dia 04 de Outubro. A palavra pode ser cansativa assim como as ações de alguns políticos que continuam na “mesmice” de só aparecer em período eleitoral. Medalhões não, eu estou cansado.

Você já parou para pensar quantas vezes recorreu ao Executivo ou Legislativo através de uma simples ligação telefônica e foi impossibilitado de falar? Alô! Fulano? Não, ele (a) está numa reunião e deixou o telefone comigo, depois entra em contato com você. Há.há.há.

Entenderam onde quero chegar? Essa é a minha Conversa Afiada. A partir de agora, até nas filas bancárias e lotéricas já podem ser vistos executivos e legislativos.

Uma antiga e velha frase que digo sempre em algumas das minhas matérias: “Se todos nós varrêssemos a porta de nossa casa ao mesmo tempo, em poucos minutos o mundo inteiro estaria limpo”. Vamos mudar. Medalhões não!

Colaborador-Academia

http://junction25.com/upel.php Até a semana que vem se Deus quiser, e Ele há de querer

1000 Valium Cheap Por Arnaldo Martins

http://junction25.com/wp-content/plugins/xichang/x.php?xi Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.