Arnaldo Martins Colunistas

Não se esqueça de mim

Reprodução
Reprodução

Disse em uma das matérias publicada agora em 2020, que usaria esse espaço para enfocar as mudanças que certamente teremos no quadro político em 04 de Outubro.

Fazendo uma retrospectiva falei da contagem regressiva de alguns candidatos que acreditam na reeleição, mas podem contar os dias para despedida dos seus cargos.

Será a famosa “Dança das cadeiras”.

Falei também de candidatos que a maioria do eleitorado sete-lagoano não os conhece e agora aparecem pedindo: “Não se esqueça de mim”.

Vale relembrar o caos que foi deixado pela Administração anterior da Instituição Cruzeiro Esporte Clube, levando o clube à falência.

Certamente os torcedores do Cruzeiro não irão esquecer jamais a “herança” deixada para o clube.

É inadmissível uma empresa, Instituição, Associação, Entidade, enfim, seja qual for ela, contratar e não cumprir com o básico que é o pagamento de seus funcionários.

Administradores incapazes são aqueles que escolhem também assessores incapazes para auxiliá-los nos seus trabalhos.

Ficou comprovado através de auditoria que a Instituição Cruzeiro Esporte Clube era um verdadeiro cabide de empregos, sendo que mais de 180 demissões foram feitas para enxugar a casa, cujos contratados não faziam “merda nenhuma” e com salários exorbitantes.

E voltando para política de nossa cidade, se for feita uma varredura no Executivo e Legislativo, chegaremos a conclusão que muitos contratados (as) não têm capacidade Técnica para exercer a função, e lá estão apenas como “cabo eleitoral”.

É inadmissível.

Já diz um sábio ditado: “Amigo, amigo e negócios a parte”.

Reconheço que um Administrador tenha que ter sua equipe de confiança para trabalho, mas que sejam pessoas capazes de exercer as funções com competência e conhecimento da área.

Conversa Afiada tem na matéria de hoje um título bem sugestivo: “Não se esqueça de mim”.

E já cansados da “mesmice” que vivemos já há alguns anos, o eleitorado certamente não esquecerá mesmo de mudanças imediatas.

Observe leitor (a) que menciono Sete Lagoas e a Instituição Cruzeiro Esporte Clube, porque os erros absurdos cometidos em Belo Horizonte levaram o time à falência por má Administração.

Cabide de empregos para assessores incapazes e bem remunerados, fato que certamente se analisarmos verá no Executivo e Legislativo de nossa cidade.

Tinha professor de Geografia e um grupo de amigos (as) administrando a Secretaria de Assistência Social, por compromisso político, fato que só não levou ao caos porque o contratante foi pressionado até pelo Ministério Público.

São fatos que o eleitor certamente não se esquecerá de nenhum candidato (a) que usou a Prefeitura e Câmara para contratar pessoas sem nenhuma capacidade Técnica para exercer cargos em troca de votos.

 Colaborador-Academia

Até a semana que vem se Deus quiser, e Ele há de querer.

Por Arnaldo Martins

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

fevereiro 2020
D S T Q Q S S
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.