Viagem

5 destinos na região Sudeste para curtir a natureza com crianças 

O Parque Nacional Cavernas do Peruaçu tem belezas naturais e arte rupestre pré-histórica em suas cavernas
Créditos: Mirian Kurushima/ divulgação ICMBio
O Parque Nacional Cavernas do Peruaçu tem belezas naturais e arte rupestre pré-histórica em suas cavernas Créditos: Mirian Kurushima/ divulgação ICMBio

Férias e dias de folga são perfeitos para tirar as crianças de casa e programar atividades ao ar livre, em contato com a natureza. De acordo com o doutor em Educação, pós-doutor no departamento de Psicologia Social da Universidade de São Paulo (USP) e membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza, Marcos Sorrentino, o contato com o meio ambiente desde a infância traz inúmeros benefícios para a vida adulta e, para aproveitá-lo da melhor maneira, é preciso desacelerar.

“Em geral, o contato com a natureza cria condições para que as crianças tenham momentos mais lentos, de contemplação e observação. As crianças, assim como os jovens e até os adultos, precisam reaprender a usufruir momentos com a natureza, deixando de lado esse modo de vida acelerado a que somos expostos na nossa sociedade”, ressalta.

A região Sudeste tem ótimas opções de áreas naturais que podem ser aproveitados por toda a família. Conheça cinco opções de passeios inesquecíveis.

A caverna do Diabo é considerada a maior do estado de São Paulo Créditos: divulgação/ governo de São Paulo
A caverna do Diabo é considerada a maior do estado de São Paulo
Créditos: divulgação/ governo de São Paulo

1. Caverna do Diabo (São Paulo)

O nome pode impressionar algumas pessoas, mas a beleza da caverna, localizada no parque estadual de mesmo nome, vale a visita. O local, quase na divisa com o Paraná, chama a atenção pela grandiosidade. É considerada a maior caverna do estado de São Paulo e a sua estrutura, com escadas e iluminação, possibilita fácil acesso a pessoas de todas as idades. Para a realização da visita, é obrigatório o acompanhamento de um monitor ambiental local. Durante o passeio, também é possível fazer trilhas e entrar em contato com a vegetação de Mata Atlântica presente no parque. O local ainda possui um Centro de Interpretação Ambiental e área de lazer.

Buy Liquid Diazepam Horário de visitação: das 8 às 17 horas, de terça à domingo

Ingresso: R$ 14 (inteira), R$ 7 (meia) e R$ 12 por visitante pelo serviço de monitoria ambiental.

http://ewoltech.it/de/boat-show-de/ Contato: (13) 3871-0259 e (13) 3871-1242

Na Vista Chinesa é possível observar a zona Sul carioca e a Lagoa Rodrigo de Freitas Créditos: divulgação/ Riotur
Na Vista Chinesa é possível observar a zona Sul carioca e a Lagoa Rodrigo de Freitas
Créditos: divulgação/ Riotur

2. Parque Nacional da Tijuca (Rio de Janeiro)

Localizado na capital carioca, o parque possui quase 4 mil hectares de Mata Atlântica e recebe mais de 3 milhões de visitantes por ano. A área está dividida por setores de visitação: Floresta, Serra da Carioca e Pedra Bonita ou Pedra da Gávea, onde é possível contemplar a natureza e as belas paisagens. No local, também estão o Morro do Corcovado, onde fica localizada a famosa estátua do Cristo Redentor, e a Vista Chinesa, mirante onde é possível observar a zona Sul da cidade e a Lagoa Rodrigo de Freitas.

Horário de visitação: das 8 às 17 horas, diariamente

Buy 1000 Diazepam Online Ingresso: A entrada é gratuita. O único local dentro do parque que cobra ingresso é o Corcovado.

http://ewoltech.it/ausgeruestete-boote/barche/gulliver-57/ Contato: (21) 2492-2250

http://ewoltech.it/fr/category/testimonials-fr/page/ 3. Parque Estadual da Cantareira (São Paulo)

Uma floresta pertinho da cidade mais populosa do Brasil. O Parque Estadual da Cantareira foi inaugurado em 1962 e possui mais de 7 mil hectares com remanescentes de Mata Atlântica. O local está a cerca de 10 quilômetros de São Paulo e é refúgio para algumas espécies ameaçadas de extinção, como o bugio e o gavião-pomba. O parque possui várias trilhas com diferentes níveis de dificuldade. A Trilha do Bugio, por exemplo, é de fácil acesso e pode ser feita por crianças e idosos. Uma ótima opção para observar a floresta.

Horário de visitação: das 8 às 15 horas, aos sábados, domingos e feriados. Em julho, o parque fica aberto todos os dias

http://ewoltech.it/en/shop/page/2/ Ingresso: R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia)

Contato: (11) 2203-3266

O Parque Nacional Cavernas do Peruaçu tem belezas naturais e arte rupestre pré-histórica em suas cavernas Créditos: Mirian Kurushima/ divulgação ICMBio
O Parque Nacional Cavernas do Peruaçu tem belezas naturais e arte rupestre pré-histórica em suas cavernas
Créditos: Mirian Kurushima/ divulgação ICMBio

Order Valium Online Overnight 4. Parque Nacional Cavernas do Peruaçu (Minas Gerais)

Localizado na região Norte de Minas Gerais, o local ainda é pouco conhecido pelos turistas, mas tem encantado os visitantes – tanto pelas belezas naturais quanto pela importância histórica, com grande quantidade de arte rupestre pré-histórica em suas cavernas. O parque possui diversas trilhas, algumas com nível de dificuldade leve, como o Caminho da Lapa do Bonete, onde é possível observar escavações arqueológicas. Parte do trajeto não pode ser percorrida a pé e as visitas são permitidas apenas com agendamento prévio com a gestão da unidade.

Horário de visitação: das 8 às 18 horas, de segunda a domingo. A entrada nos atrativos é permitida até as 15 horas.

Ingresso: valores são informados durante o agendamento da visita

Contato: (38) 3623-1038

5. Horto Florestal de Campos do Jordão (São Paulo)

Apesar de ser conhecido como Horto Florestal, a área é oficialmente chamada de Parque Estadual de Campos do Jordão. Criado em 1941 e com mais de 8 mil hectares, o local é um refúgio de tranquilidade em uma das cidades mais famosas do estado de São Paulo. Abriga grande variedade de vegetação remanescente de Mata Atlântica, com presença das Florestas com Araucárias e Nebular, além de Campos de Altitude. No local, já foram catalogadas mais de 180 espécies de aves e animais ameaçados de extinção, como a onça-parda. Com tantos atrativos naturais, os visitantes podem aproveitar para realizar caminhadas em uma das inúmeras trilhas do parque ou contemplar a natureza, observando os lagos e bosques do local.

Horário de visitação: das 9 às 16 horas, todos os dias. Na baixa temporada, o local não abre na quarta-feira.

Ingresso: R$ 15 (inteira)

Contato: (12) 3663-3762 e (12) 3663-1977

Sobre a Rede de Especialistas

A Rede de Especialistas de Conservação da Natureza é uma reunião de profissionais, de referência nacional e internacional, que atuam em áreas relacionadas à proteção da biodiversidade e assuntos correlatos, com o objetivo de estimular a divulgação de posicionamentos em defesa da conservação da natureza brasileira. A Rede foi constituída em 2014, por iniciativa da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Os pronunciamentos e artigos dos membros da Rede refletem exclusivamente a opinião dos respectivos autores.

www.centralpress.com.br

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.