Policial Super Destaques

MP de Minas arquiva denúncia de estupro contra ajudante de professor do Colégio Magnum

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) arquivou, nessa terça-feira (12), por falta de provas, a investigação de estupro contra o estudante de educação física Hudson Nunes de Freitas, de 22 anos. Ele era investigado após denúncias de pais de alunos do Colégio Magnum, unidade Cidade Nova, na região Nordeste de Belo Horizonte.

Fabiano Lopes, advogado do estudante, informou à Itatiaia quais serão os próximos passos. “Um advogado cível buscará os danos morais, materiais, sofridos pelo Hudson, e que seja reparado no seu mínimo legal”.

Ouça a reportagem completa com Renato Rios Neto

Em áudio enviado a mães do colégio Magnum, Hudson comemorou a decisão do MP. “Sem vocês provavelmente eu não estaria aqui hoje. Dizer que eu estou extremamente feliz, graças a Deus o caso foi arquivado, graças a Deus eu venci mais uma batalha na minha vida, agora é dar a volta por cima e retomar a minha vida”.

Leia também: Defesa de estagiário do Colégio Magnum vai processar quem o expôs nas redes sociais

Polícia Civil

Em outubro, a Polícia Civil (PC) anunciou que não indiciaria o estudante, por não haver provas.

“Após analisar todos os elementos coletados, que envolveram mais de 40 oitivas, laudos de exame de corpo de delito, análise de áudio, levantamentos de vida pregressa, análise de mais de 30 horas de imagens de câmeras do colégio e uma avaliação com três psicólogas e uma psiquiatra, concluímos pelo não indiciamento do suspeito”, disse a delegada Elenice Cristina Batista Ferreira.

Emprego garantido

Em nota divulgada após o pronunciamento da polícia, a assessoria do Colégio Magnum disse que o Hudson terá a vaga garantida quando quiser retomar às atividades e que, inicialmente, optou por afastá-lo para “resguardar a integridade da família e do colaborador e de permitir que o inquérito pudesse tramitar de forma isenta”.

Ainda conforme a instituição de ensino, a apuração concluiu que não há elementos para indiciar nenhuma pessoa da escola. “Representantes do órgão destacaram que a vítima inicial e as demais que surgiram no desenrolar da investigação não sofreram abuso sexual pelo investigado e nem por qualquer outro professor ou integrante da escola.”

“Cumprimos nosso papel perante à sociedade, às famílias, nossos educadores e às autoridades competentes. Hoje, a sociedade avança com a confiança na Justiça, fruto do trabalho criterioso, detalhado e ético de toda a equipe de Policiais Civis da Delegacia Especializada de Proteção da Criança e do Adolescente”, conclui o divulgado.

Histórico

Acusado de estupro no início deste mês, inicialmente por uma mãe de um aluno, Hudson procurou a Itatiaia em 7 de outubro para declarar inocência. À época ele disse que estava à disposição da Justiça e que as investigações provariam que ele não era culpado.

Na sexta-feira (11), o estudante ganhou apoio de um grupo de pais de alunos, que compareceram à porta da instituição de ensino com faixas e cartazes com mensagens em defesa do acusado.

Durantes as investigações, um mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa de Hudson. Um celular chegou a ser apreendido.

itatiaia.com.br/

Eldorado1300

AGENDA

agosto 2020
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Linda Martins

Linda Martins

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado