TOCA DECIDE PERMANÊNCIA DE VOLANTE WILLIANS, APÓS CONVERSA COM MANO

0
2272
willians-cruzeiro
Willian do Cruzeiro.

O Cruzeiro tem muitos jogadores emprestados a vários clubes do Brasil. São os casos dos laterais Fabiano, Mena e Pará, do zagueiro Douglas Grolli, dos volantes Willians, Willian Farias, Eurico e Uillian Corrêa, dos meias Allano, Gabriel Xavier, Pisano e Roni e dos atacantes Neílton e Joel. Grande parte deles voltará à Toca da Raposa II, na reapresentação do elenco, em janeiro do ano que vem. Alguns serão repassados para outros clubes, e outros terão novas chances no Cruzeiro. A lista de quem fica e quem não fica será definida por Mano Menezes, em reuniões com a diretoria. A primeira delas está marcada para a próxima quarta-feira.

Um dos jogadores da lista acima já entrou na pauta de discussão. O volante Willians foi afastado do Corinthians, neste domingo. Após discutir com um torcedor, na porta do CT Joaquim Grava, o jogador foi comunicado pela diretoria que não vai participar das partidas restantes do time no Campeonato Brasileiro e vai apenas treinar à parte. Willians foi emprestado pelo Cruzeiro ao Corinthians até o dia 31 de dezembro deste ano, em troca envolvendo o também volante Marciel, que já retornou ao time paulista. Depois disso, Willians tem mais um ano de contrato com o clube mineiro.

O diretor de futebol do Cruzeiro, Thiago Scuro, afirmou que o clube não vai se manifestar sobre o problema de Willians em São Paulo. O jogador é esperado na reapresentação do elenco, no começo de janeiro.

Problemas fora de campo, solução dentro dele

Willians chegou ao Cruzeiro em fevereiro do ano passado. Foi titular de Marcelo Oliveira na Taça Libertadores, mas perdeu espaço com a chegada de Vanderlei Luxemburgo, quando parou no banco de reservas. Quando Mano Menezes assumiu o comando técnico do time, em setembro, Willians passou a ser um dos jogadores mais importantes do Cruzeiro, atuando como terceiro volante e se aproximando do gol, como elemento surpresa em várias ocasiões.

Paralelamente a isso, os boatos de que o volante estaria se excedendo surgiam à todo tempo, na Toca da Raposa II. Além disso, Willians estaria também influenciando atletas mais jovens e causando problemas ao departamento de futebol do clube. Após não ser relacionado para viajar com a delegação cruzeirense, a assessoria do jogador negou a existência de problemas dele na Toca. Os boatos nunca foram confirmados publicamente, mas o certo é que, no começo de 2016, já sem Mano Menezes, o Cruzeiro emprestou o volante ao Corinthians.

A diretoria do Cruzeiro não fala sobre o assunto. Uma fonte de dentro do clube, que não quer se identificar, afirmou que o futebol de Willians agrada ao técnico Mano Menezes, mas vai depender também do interesse do jogador em retornar a Belo Horizonte. Nada impede, entretanto, que uma conversa entre o técnico cruzeirense e Willians sele a permanência do volante, na Toca da Raposa II, na temporada 2017.

Informações Globoesporte

Deixe uma resposta