Policial Super Destaques

Cabos da PM falam sobre o patrulhamento escolar em Sete Lagoas no Radar Eldorado desta terça-feira (16)

Recebidos na Rede Eldorado de Comunicação, o Cabo Mateus Ferreira e o Cabo Willians Elias concederam uma entrevista ao Programa Radar Eldorado na manhã desta terça-feira (16), para abordar o tema de patrulhamento escolar.

O patrulhamento escolar é desenvolvido nas escolas através do policiamento no interior das instituições e nas imediações. As intervenções são feitas a partir de ocorrências registradas pela direção da escola ou na observação da patrulha no exterior das instituições. A abordagem é realizada quando há indivíduos e veículos em atitudes suspeitas próximos às escolas. “O objetivo do patrulhamento é trazer aos alunos, funcionários das escolas e moradores da região a sensação de segurança”, afirmou o Cabo Mateus.

A equipe da PM é dividida de forma específica para a modalidade. “Atuamos com direcionamento para a área escolar, com o cartão programa, e através das estatísticas verificadas pelo nosso chefe direto, ele direciona a equipe para atuar na operação.” Se tratando de ocorrências feitas por mau comportamento de alunos, o Cabo Willians afirma que, as escolas com maior registro de queixas é visitada com maior frequência e tem um acompanhamento mais de perto. Os crimes mais comuns entre os alunos são desentendimentos pessoais, que eventualmente se agravam partindo para agressões físicas, pequenos furtos e danos ao espaço físico das escolas.

A patrulha escolar destaca também que outra prática registrada é o Bulliyng. “Uma das características para a conceituação do Bullying são os espectadores. Ter platéia normalmente é um fato motivador para o praticante que tem a necessidade de demonstrar força e precisa se impor diante os outros. Mas acreditamos que a ausência dessa plateia é a chave para desmanchar determinada situação. Aquilo que não se dá atenção, não cresce”, disse o Cabo Mateus. As medidas recomendadas quando há situações como estas são acionar a coordenação da escola, os pais e em uma situação mais grave, acionar a PM.

As ocorrências não se concentram em determinada região da cidade. Os alunos são divididos de forma mista entre região central e periférica no âmbito escolar, assim, não se pode determinar que algumas práticas são influenciadas por classes sociais ou região em que o aluno reside.

Os Militares atentam que a população pode ajudar acionando o 190, ao observar alguma atitude suspeita, e a obervação interna da coordenação da escola é fundamental para o sucesso no trabalho da PM. O horário do patrulhamento inicia a partir das 9h, porém diante à alguma demanda ou solicitação da escola o início dos trabalhos começam mais cedo. “O diretor da escola registra um ofício solicitando a PM em um horário mais critico para a inibição de possíveis crimes ou situações de importunação”, afirmou Cabo William.

Atualmente a Polícia Militar atua com o patrulhamento escolar em mais de 120 escolas, entre municipais, estaduais, e particulares. A Guarda Municipal também realiza acompanhamento e em algumas situações prestam apoio aos policiais. O Cabo Mateus atenta que quando há frequência em registros de uma mesma escola a PM age com intervenção diferente. “Buscamos entender o que pode estar causando a frequência de conflitos, assim, levamos palestras de conscientização sobre diversos temas, como o Bullying, as drogas, noções de respeito no trânsito e cuidado ao patrimônio público”, disse.

Segundo informações dos militares, a escola tem seus próprios meios de intervenção quando há conflitos entre os alunos. “A escola tem mecanismos de controle e punição, e são eles, registro de ata interna, solicitação da presença dos pais, suspensão do aluno e até mesmo transferência, quando o aluno não se adapta na escola”, afirmou o Cabo Willians.

Os Cabos concluíram a entrevista afirmando que o acompanhamento dos pais é de fundamental importância para conscientizar o papel da escola para os filhos, “é preciso assistir de perto, para não precisar agir quando a situação já estiver mais grave. A primeira educação vem de casa,  a escola é um complemento”.

Da Redação

Eldorado1300

AGENDA

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Aldryene Prata

Aldryene Prata

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.