Arnaldo Martins Colunistas

Você é o escritor

Reprodução
Reprodução

Fatos interessantes chegam até nós que escrevemos e muitas vezes o sigilo é fundamental. Diz o sábio ditado: “Conte o milagre, mas não revele o Santo”.
Pois bem, certo amigo meu, contou seu problema que o atormentava para a única pessoa que ele julgou ser de sua confiança, a sua namorada. O que ele não recordava é que sua namorada já sabia de tudo.
Embora os dois estivessem o dia a dia juntos, ela não esperava que o assunto fosse causador de tanto tormento na vida do seu namorado.
Numa bela noite os namorados saíram e ele desabafou todo seu problema da sua maneira, e da forma como ele interpretava os fatos.
Após alguns minutos ouvindo sua narrativa, a namorada (que já sabia tudo), olhou para ele e narrou os mesmos “fatos”, porém da forma que ela interpretava.
Em resumo: para meu amigo, o que antes era um grande tormento “ontem”, “hoje” se tornou a solução para sua vida mais saudável.
Sugestão da Conversa Afiada: “Ao escrever a história da sua vida, não deixe ninguém segurar a caneta”, e atente para a história abaixo:
Um famoso escritor estava em sua sala de estudo quando pegou uma caneta e começou a escrever: – No ano passado precisei fazer uma cirurgia para a retirada da vesícula biliar, e tive que ficar de cama por um bom tempo. Nesse mesmo ano, cheguei à idade de 60 anos e tive que renunciar ao meu trabalho favorito, pois havia permanecido 30 anos naquele editorial. No mesmo ano, experimentei a dor pela morte de meu pai, e meu filho fracassou em seu exame médico porque teve um acidente de automóvel e ficou hospitalizado por vários dias. A destruição do carro foi outra perda.
Ao final escreveu: – “Foi um ano muito mal”.
Quando a esposa do escritor entrou na sala, o encontrou triste em meio aos seus pensamentos. Por trás dele, leu o que estava escrito no papel. Saiu da sala em silêncio e voltou com outro papel que colocou ao lado do papel de seu marido.
Quando o escritor viu o papel, encontrou escrito o seguinte: – No ano passado finalmente me desfiz de minha vesícula biliar, depois de passar anos com dor. Completei 60 anos com boa saúde e me retirei do meu trabalho. Agora posso utilizar meu tempo para escrever com maior paz e tranquilidade. No mesmo ano, meu pai, com a idade de 95 anos, sem depender de nada, e sem nenhuma condição crítica, conheceu seu Criador. No mesmo ano, Deus abençoou o meu filho com uma nova oportunidade de vida. Meu carro foi destruído, mas meu filho ficou vivo sem nenhuma sequela.
Ao final, ela escreveu: – “Esse ano foi uma grande bênção”!
Moral da história: eram os mesmos acontecimentos, mas com pontos de vista diferentes.
Não é a “felicidade” que nos faz “agradecida”, mas, sim o “agradecimento” que nos faz “felizes”. Sempre há algo para agradecer, e lembre-se: Você escolhe como escrever sua história.
Você é o escritor.

Colaborador-Academia

Até a semana que vem se Deus quiser, e Ele há de querer.

Por Arnaldo Martins

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.