Cidade Policial Super Destaques

Coordenador do Projeto Bom na Escola, Bom de Bola, Tenente Silvano foi entrevistado no Programa Radar Eldorado

Tenente William Silvano na Rádio Eldorado com Linda Martins
Tenente William Silvano na Rádio Eldorado com Linda Martins

Recebido na manhã desta terça-feira (18) no Programa Radar Eldorado, o Tenente Willian Silvano Alves abordou temas de interesse dos jovens estudantes de Sete Lagoas. Coordenador do Projeto Bom na Escola, Bom de Bola o tenente explicou a origem do Projeto e seus objetivos.

Segundo as informações do Tenente, em fevereiro de 2018 o Comandante Luiz Marinho trouxe um formato de setorização, que divide a região da cidade por partes para uma melhor administração. O Tenente Silvano coordena a região do Canaã que se estende até o bairro Universitários, e diante os dados dos bairros é estudado a situação e a necessidade da população local. No bairro Santa Luzia encontrava-se a necessidade de coibir o tráfico de drogas e a receptação de pequenos furtos, assim foi desenvolvido no setor as estratégias de prevenção primária e o Projeto é uma exemplo dessas estratégias.

O Tenente afirmou que o Projeto é um trabalho em conjunto com as escolas, que aproxima os alunos da Polícia Militar, possibilitando um auxílio na formação disciplinar dos estudantes. Uma das escolas contempladas com o Projeto Bom na Escola, Bom de Bola é o Colégio Estadual Emílio de Vasconcelos Costa e a forma de seleção desses alunos é feita pela própria escola, que seleciona os que tem o melhor desempenho estudantil. Em média são 35 alunos que realizam os treinos nas terças e quintas-feiras de 18h às 21h e o Projeto acontece na Quadra da Superintendência Regional de Ensino na rua José Duarte de Paiva, 615, bairro  Santa Luzia.

O Tenente Silvano destacou na entrevista a parceria com a Faculdade Ciências da Vida, que trabalha com esses alunos a psicologia esportiva em grupo e também individual. “São alunos de 7 a 17 anos, com diversas questões psicológicas e emocionais da fase infantil e da adolescência, assim os profissionais de psicologia são facilitadores desse desenvolvimento” afirmou.

O projeto tem três critérios para a participação: primeiramente é avaliado o comportamento escolar e residencial do aluno, o segundo critério é a média escolar e por fim a assiduidade (frequência) do estudante. “O aluno é motivado a correr trás, se esforçar mais para ter boas notas para conquistar sua vaga no projeto. É expressiva a mudança dos alunos que participam do projeto qualificando assim a importância dele”, afirmou o Tenente.

O revesamento das turmas é feito por categoria de faixa etária e também é levado aos estudantes muitos ensinamentos, como por exemplo, palestras de pessoas que passaram por experiências do cenário do crime e que servem de exemplo de transformação, profissionais qualificados que abordam temas de desenvolvimento pessoal e o Corpo de Bombeiros com treinamentos de primeiros socorros.

O projeto atua na cidade há um ano e a prioridade é desenvolvê-lo cada vez mais, buscando parcerias do comércio e de empresas para dar continuidade nos resultados. “Buscamos melhores oportunidades de vida para esse jovens, para eles se manterem distantes da vida do crime, então buscamos parcerias para eles terem oportunidade de emprego por exemplo”, afirmou o Tenente Willian.

O combate às drogas na adolescência é fundamental e a estratégia é dar ocupação esses jovens. “Ocupar o tempo desses jovens e principalmente a mente deles é um fato importante para mantê-los em um caminho correto e assim maximizar os resultados”. disse o Tenente. Outra escola citada na entrevista que participa do Projeto foi o Colégio Estadual Dr. Avelar e para os alunos que não gostam ou não se identificam com o esporte futebol á também a opção da prática de capoeira.

Foi destaque também a importância do apoio familiar “É fundamental a estrutura familiar pois é trabalhado a importância desses ensinamentos com os pais e a PM auxilia no desenvolvimento desse trabalho, mas a função principal é dos pais. É preciso compreender que o comportamento externo vem da extensão dessas atividades disciplinares aprendidas dentro de casa.” disse o Tenente.

Ao final da entrevista o Militar concluiu que o projeto busca de forma preventiva manter os jovens distantes do mundo do crime e também contam com o Projeto Proerd que fomenta todo esse trabalho de cuidado com a sociedade. Para mais informações sobre o Projeto Bom na Escola, Bom de Bola é só comparecer no 25º Batalhão e procurar o próprio Tenente Silvano.

Da Redação

Eldorado1300

AGENDA

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Aldryene Prata

Aldryene Prata

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.