Destaques Policial

Pai morre após filho tentar fugir e trocar tiros com a PM em delegacia

Foto: Google Maps/Reprodução
Foto: Google Maps/Reprodução

Filho se soltou das algemas, pegou arma de tenente e, em seguida, foi baleado por outro militar; pai tentou intervir e também foi atingido

Na noite dessa quinta-feira (06), uma confusão foi registrada dentro de uma delegacia na cidade de Vespasiano, localizada a aproximadamente 60 km de Sete Lagoas, e resultou em uma morte e duas pessoas feridas. Tiros foram trocados depois que um homem de 30 anos resistiu à prisão, conseguiu se livrar das algemas, pegou a arma de um tenente e foi baleado por um cabo da Polícia Militar (PM).

O pai dele, um senhor de 57 anos, estava na delegacia para acompanhar o caso e tentou intervir para ajudar o filho. Ele também foi baleado, socorrido, mas morreu no hospital. O militar que efetuou os disparos também se feriu por um tiro disparado por ele mesmo no chão durante o tumulto.

Pego em blitz

O caso começou por volta das 20h, em Santa Luzia, também na região metropolitana de BH. O homem de 30 anos estava no banco o carona de um carro que foi abordado em uma blitz. Os policiais questionaram a identidade de ambos.

O motorista estava com a ficha limpa. Já o passageiro tinha um mandado de prisão em aberto. Ele ainda tentou mentir se passando pelo irmão, mas ele também constava como foragido da Justiça. “Ele tentou nos enganar, mas para o azar dele, o irmão também era alvo de um mandado de prisão”, conta o major Alexandre de Souza, subcomandante da 8ª Ca de Lagoa Santa.

Ao receber voz de prisão, o homem tentou reagir e deu trabalho aos policiais. “Ele é muito forte. Já nesse momento precisamos de quatro militares para segurá-lo”, disse o major. Após ser contido, ele foi levado à delegacia em Vespasiano.

Como foi o tiroteio

Por volta das 23h, quando a delegada estava ratificando o flagrante, o homem conseguiu se livrar das algemas presas à parede e pegou a arma do tenente. Nesse momento, o cabo sacou a arma, mandou o criminoso se render, mas não foi atendido.

Ele, então, efetuou um disparo, que atingiu o homem. Não foi informado a altura do corpo em que ele foi ferido. O pai do homem, identificado como Hélio Antônio, tentou ajudar o filho e também foi baleado.

Em certo momento, o cabo da PM caiu no chão e disparou. O disparo atingiu o próprio braço do militar. Os três foram socorridos para o hospital Risoleta Neves, em Belo Horizonte.

Hélio não resistiu aos ferimentos e faleceu. O filho dele e o militar continuam internados.

Ficha criminal

Segundo a PM, pai e filho eram moradores da capital e já tinham extensa ficha criminal. Hélio tinha um registro de homicídio consumado e várias outras passagens. O filho tinha um mandado de prisão em aberto por fuga e passagem por tentativa de homicídio.

Com O Tempo

Eldorado1300

AGENDA

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Aldryene Prata

Aldryene Prata

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.