Destaques Policial

Idoso dá chute em vigilante e acaba levando soco no rosto; assista

(foto: Reprodução/Youtube)
(foto: Reprodução/Youtube)

Seguranças envolvidos no caso foram afastados, segundo a Secretaria de Saúde. A Polícia Civil investiga as agressões

Uma briga entre paciente e vigia no Hospital Regional de Taguatinga (HRT) acabou virando caso de polícia. Em meio à discussão, um idoso deu um chute no segurança, que revidou dando um soco no rosto do homem. O caso aconteceu por volta das 16h de sábado e é investigado pela 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro), no Distrito Federal.
O vídeo, que tem 34 segundos, não mostra o início da briga entre os envolvidos. As imagens mostram os dois homens já com os ânimos exaltados. O paciente, de 61 anos, se levanta do banco enquanto o vigilante, de 44, dá as costas e, neste momento, dá o chute. Um segundo segurança contém o idoso, que se senta novamente.
Apesar de já estar contido, o vigia se aproxima e dá o golpe no idoso. O soco é tão forte que é possível escutar o barulho do murro pelo vídeo.
O paciente não revida e continua sentado, sendo prontamente atendido por um funcionária do hospital.
As pessoas presentes na ala onde as agressões ocorreram demonstram indignação com a atitude do segurança. Um homem, que aparentemente acompanha duas mulheres que estão na imagem, se aproxima para conter as agressões. No entanto, ele é empurrado por um dos vigias.
A direção do Hospital Regional de Taguatinga informou que apura os fatos e que pediu o afastamento dos vigilantes envolvidos no caso para serem afastados. A pasta destacou que pacientes, testemunhas e seguranças foram encaminhados à delegacia para registrar boletim de ocorrência. “A direção do HRT está à disposição da polícia para quaisquer esclarecimentos”, finaliza o texto.

Apuração do caso

Os envolvidos no episódio foram encaminhados para à 12ª DP pela guarnição da Polícia Militar. No registro da ocorrência, o vigilante afirma que foi agredido pelo idoso, antes que fossem para a ala do Pronto Socorro, onde ocorreu a filmagem (veja vídeo acima). Entretanto, o paciente alega que a violência iniciou por parte dos seguranças e que por isso reagiu.
O segurança conta que o idoso aguardava atendimento por ter sido atropelado. Durante a espera, o senhor teria tentado invadir o hospital. Neste momento, o paciente teria dado dois socos contra o vigia: um na boca e outro na altura do estômago. Em decorrência das supostas agressões, o homem foi levado para o Posto Policial do HRT e o idoso foi sentado no banco. Este seria o momento em que o paciente deu o chute nas costas do vigilante — ação flagrada em vídeo.
Na versão do paciente, ele esperava o atendimento pelo acidente e escutou o sobrenome dele ser chamado. Quando o idoso se direcionou ao balcão do pronto socorro, os vigias teriam negado que estava na vez dele ir para a consulta médica. O senhor diz ter insistido para que os seguranças conferissem o nome, mas eles teriam se negado e, em seguida, o imobilizado. O paciente explica que foi encaminhado para o Posto Policial, tendo sido agredido pelos vigilantes antes e, por isso, reagiu dando o chute quando se sentou no banco.
Investigadores ainda trabalham para solucionar o caso. Contudo, a ocorrência foi registrada como violação de domicílio, sendo que o vigilante seria a vítima e, o idoso, o autor. A Divisão de Comunicação da Polícia Civil (Divicom) não deu mais detalhes sobre o fato.

Eldorado1300

AGENDA

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Avatar

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.