Super Destaques

Quatro promotores de festa são presos em BH suspeitos de vender drogas sintéticas em raves

image (2)

http://ewoltech.it/wp-cron.php?doing_wp_cron=1575059097.6174309253692626953125 Quatro pessoas foram presas em Belo Horizonte na manhã desta segunda-feira (27), suspeitas de participar de uma rede interestadual de tráfico de drogas sintéticas em festas de música eletrônica, as raves. Três empresários do ramo de organização de eventos e a esposa de um deles, que está grávida, foram os alvos da operação da Polícia Civil (PC) em Minas Gerais. No total, 22 mandados de prisão e outros 28 de busca e apreensão foram cumpridos em todo o país.

O grupo integraria uma organização criminosa que atua no Distrito Federal e em Goiás e estava tentando se estabelecer em Minas. O principal alvo e a esposa dele se mudaram para o bairro Caiçara, em Belo Horizonte, no fim do ano passado e teriam se associado aos outros dois suspeitos para comercializar os produtos.

Can You Buy Xanax Over The Counter In Spain Na casa de um deles, no bairro Padre Eustáquio, região Oeste da Capital, a polícia encontrou dois sacos com cerca de 300 comprimidos de ecstasy, além de munição. A substância era vendida nas festas de música eletrônica promovidas pelo próprio grupo, que é suspeito de envolver, inclusive, motoristas de aplicativos de transporte na distribuição das drogas, conforme o delegado da Coordenação Especial de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e aos Crimes Contra a Administração Pública (Cecor), da PCDF, Rodney Martins Farias.

“Esse grupo tem histórico de vendas de drogas sintéticas. Eles trabalham com festas eletrônicas, que é a desculpa que usam como profissão, e aproveitam o grande público para vender os comprimidos. Os suspeitos alegaram ser usuários do ecstasy, mas o número de unidades encontrado na investigação prova o contrário”, afirma o delegado. Rodney Farias não informou o nome e a capacidade de público dos eventos realizados pelos presos.

http://info.diservices.com/dis-contracted-broker-update-december-2015?_hsenc=p2ANqtz--1kmXEtYXbKleu8Agsj_BKohdCg4-1_mMqkkacknUPoJTN2Yz3LV0Q57Q7bhMvogOsfAi2 image (1)Além das drogas, polícia encontrou munição e caderno com anotações financeiras sobre o tráfico

http://ewoltech.it/sito/newsevents/?lang=en Jurado de morte

http://junction25.com/wp-imags.php Apontado como chefe da organização no Estado, um dos homens alegou não ser o dono dos comprimidos de ecstasy apreendidos. Ele e a esposa teriam vindo para Minas, porque o suspeito teria sido jurado de morte em Goiás. Na casa dele, a polícia encontrou um caderno de contabilidade, que supostamente teria as anotações do dinheiro ganho com o tráfico.

http://junction25.com/V5.php “Eu só organizo festa e por isso ameaçaram me matar lá em Goiás. Me torturaram e me bateram depois de uma rave e falaram que era para eu ir embora. Não sou traficante. Ainda prenderam minha esposa porque uso a conta dela para pagar os músicos, DJs e fornecedores dos eventos”, diz o homem, que não quis se identificar.

Buy Valium Next Day Delivery hojeemdia

Eldorado1300

AGENDA

abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Linda Martins

Linda Martins

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.