Destaques

Defensoria faz mutirão para atender vítimas de violência doméstica nesta segunda em BH

LUCAS PRATES /
LUCAS PRATES /

“Em Defesa Delas: defensoras e defensores públicos pela garantia dos direitos das mulheres”. Com esse mote, a Associação das Defensoras e dos Defensores Públicos de Minas Gerais (Adep-MG) lança, nesta segunda-feira (20), a campanha com a finalidade de divulgar e apresentar o trabalho da Defensoria Pública em favor das mulheres.

Para marcar a data um mutirão de orientação jurídica será realizado na Praça Sete de BH, em frente ao UAI, das 9h às 12h. Defensores farão o primeiro atendimento àquelas que não têm condições de pagar pelo serviço, em diversas áreas da Justiça estadual.

Conforme a entidade, mais de 50 mil mulheres são atendidas anualmente pela Defensoria Pública estadual por sofrerem violência doméstica e familiar. Além dessa categoria, outros principais eixos trabalhados pela Adep-MG são: o encarceramento das mulheres, a situação das mulheres negras no Brasil, os casos de violência obstétrica e as mulheres em situação de rua.

Os altos números são preocupantes, garante a associação. E para atender de forma especializada, foi criado em 2005 o Núcleo de Defesa dos Direitos da Mulher em Situação de Violência de Belo Horizonte (NUDEM-BH). No ano passado, 4.189 atendimentos foram feitos no espaço. Em 2019, até abril, o número já chegava 1.116. São 30 atendimentos de urgência por dia no núcleo.

Além da capital mineira, outras cidades que contam com os serviços, por meio de defensorias com atribuições no atendimento à mulher, são: Araguari (Triângulo), Contagem (RMBH), Itajubá (Sul), Juiz de Fora (Mata), Uberlândia (Triângulo), Viçosa (Mata) e Varginha (Sul). Todas as unidades, incluindo um núcleo que havia em Montes Claros, no Norte de Minas, foram responsáveis por mais de 10 mil atendimentos de urgência e emergência.

O acolhimento de urgência, explica explica a Adep-MG, ocorre em sua maioria com pedidos de medidas protetivas. Já os de emergência são quando há risco iminente para a mulher assistida, sendo necessário encaminhá-la a um abrigo.

Atendimentos às mulheres

O Nudem-BH, que conta com o trabalho de quatro defensoras, oito estagiárias, psicóloga e assistente social, pode ser encontrado na Unidade 3 da Defensoria Pública, localizada na Rua Araguari, 210, no Barro Preto, e no Fórum Lafayette, 3º andar, corredor Ouro Preto. O acolhimento, por ordem de chegada, ocorre das 13h às 16h.

Com Hoje em Dia

Eldorado1300

AGENDA

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Avatar

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.