Super Destaques

Dia D da vacinação contra a gripe é o tema do Passando a Limpo desta sexta-feira (03)

O Programa Passando a Limpo desta sexta-feira (03), apresentado por Álvaro Vilaça e Wagner Oliveira, recebeu nos estúdios da Rádio Eldorado, o responsável técnico de vacinação, Guilherme Menezes e Carolina Mendes, assessora de comunicação da Secretaria Municipal de Saúde, para a divulgação da campanha de vacinação que acontecerá neste sábado (04). O tema é muito importante e de grande relevância para a população, devido a situação vivenciada pelo município e estado.

O dia escolhido pelo Ministério da Saúde é considerado o “Dia D”, pois realiza a vacinação em pontos da cidade de fácil acesso ao público. Segundo Carolina, o ministério da saúde seleciona os grupos vulneráveis, que são, crianças de 06 meses a menores de 6 anos, pessoas a partir de 60 anos, considerados idosos, gestantes, mulheres na fase puérpera (45 dias após o parto), professores, pessoas com doenças crônicas, os profissionais da saúde, presidiários e funcionários do sistema prisional e militares. Carolina também esclareceu a dúvida de uma ouvinte, que questionou o motivo da vacinação não ser para toda a população, “o sistema imunológico das pessoas não consideradas de risco consegue se defender e resistir ao vírus, assim o organismo tem condições de responder sem a vacina”, afirmou.

Carolina Mendes e Guilherme Menezes convocaram população alvo para vacinação contra a Gripe, neste sábado (04).
Carolina Mendes e Guilherme Menezes convocaram população alvo para vacinação contra a Gripe, neste sábado (04).

Guilherme ressalta a importância da conscientização da vacina. “Muitas pessoas confundem a gripe com resfriado, os sintomas são semelhantes, porém a gripe é um caso sério e a pessoa acometida da gripe necessita de internação. A ideia de que a própria vacina causa a gripe faz com que muitos fiquem resistentes a tomá-la, porém a reação da vacina nem se compara aos sintomas reais da gripe”, afirmou o técnico. Precisa haver uma conscientização da população de que a vacina é a melhor maneira de prevenção à doença.

A vacina fornecida pelo SUS é a trivalente, que atua contra três tipos de vírus: influenza A (H1N1) e (H3N2) mais o influenza B. Anualmente a Organização Mundial de Saúde (OMS), baseada em estudos epidemiológicos, aponta os vírus que vão compor a vacina. Guilherme alerta que a transmissão da gripe acontece de pessoas para pessoas, seja contato físico ou pelo ar. O vírus da gripe fica ativo na superfície por horas e a recomendação é a higienização constante das mão e o uso de álcool gel.

Infelizmente existe a recomendação dos próprios profissionais da saúde, como médicos ginecologistas, que aconselham as gestantes a não tomar a vacina, porém Guilherme reafirma a importância, pois as gestantes são consideradas público de risco. Foi mencionado também no programa o aumento de casos de outras doenças que já eram consideradas “sanadas” como por exemplo o sarampo e a tuberculose. Devido ao movimento antivacina, as pessoas com resistência à vacinação deixam as porta abertas para as infecções e doenças retornarem e agravarem a situação da saúde pública.

É questionado se a entrada de estrangeiros no país influencia o aumento da estatística de contaminação das doenças, porém a proteção brasileira está baixa, então é de responsabilidade do próprio país uma melhor estrutura de proteção. O Brasil tem o cartão de vacinação mais completo do mundo, mas há uma falta de conscientização da população brasileira.  Um destaque para a vacina de febre amarela, que fica disponível nos postos durante todo o ano e vale para a via toda. As vacinas são fabricadas no Brasil no Instituto Butatan.

Confira o Funcionamento das unidades de saúde no Dia D da Vacinação contra a Gripe

A aplicação da vacina é tranquila e indolor (apenas a introdução do líquido que pode gerar um desconforto como ardor). Os efeitos que podem ocorrer após a aplicação são incomodo no braço entre 2 e 3 dias, sintomas de resfriado e reações locais, porém é normal . Não há restrições em ingerir bebida alcoólica após a vacinação, a rotina não muda em nada.

A campanha vem sendo realizada desde 12 de abril, porém a cobertura vacinal é baixa. A meta é atingir 43.225 pessoas vacinadas, porém apenas 12.273 pessoas foram vacinadas até o momento. A campanha será realizada até 31 de maio.

A epidemia da dengue teve destaque no programa desta sexta.

Os números são alarmantes. Segundo Carolina, são 3.607 casos suspeitos, 1929 casos confirmados e 3 suspeitas de óbito em investigação. A partir de segunda-feira (06), acontecerá um mutirão em Sete Lagoas em 15 bairros da cidade. Somente no bairro Verde Vale foram registrados 152 casos de dengue.

O mutirão terá apoio da secretaria de saúde e da secretaria de obras. Haverá também uma campanha de conscientização nas escolas para que crianças e adolescentes sejam multiplicadores dessa responsabilidade social. “Precisamos parar de transferir a responsabilidade para o setor público pois a população tem fundamental importância e poder em diminuir as estatísticas cuidando do seu quintal, removendo qualquer material inservível que possa ser criadouro de ovos do mosquito. 80% dos focos estão dentro do quintal das casas”, afirmou Carolina.

Os bairros e as datas da ação do mutirão serão divulgadas em breve.

O programa Passando a Limpo vai ao ar pela Rádio Eldorado todas as sextas-feiras às 08h da manhã, com transmissão ao vivo e em vídeo pelo site SeteLagoas.com.br, além de reprises aos domingos, logo após as jornadas esportivas na Rede Eldorado de Comunicação.

Da Redação

Eldorado1300

AGENDA

outubro 2020
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Avatar

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado