Esporte

Eliminado, Atlético buscará como prêmio de consolação vaga na ‘Segunda Divisão’ da Libertadores

Atlético deu vexame e perdeu para o Nacionall por 1 a 0 (Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D. A Press )
Atlético deu vexame e perdeu para o Nacionall por 1 a 0 (Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D. A Press )

Presidente Sérgio Sette Câmara já chamou a Copa Sul-Americana de “Segunda Divisão da Libertadores”, que será o novo objetivo do Galo internacionalmente

Com a derrota para o Nacional (1 a 0), no Mineirão, nesta terça-feira, o Atlético ficou sem chances matemáticas de avançar às oitavas de final da Copa Libertadores da América. Como prêmio de consolação, o clube alvinegro tentará agora terminar na terceira posição do grupo e ficar com uma vaga na Copa Sul-Americana.

O curioso é que o atual presidente do clube, Sérgio Sette Câmara, já chamou o torneio de Segunda Divisão da Copa Libertadores. Isso ocorreu em maio de 2018, quando o dirigente diminuiu a importância do torneio após eliminação do Galo para o San Lorenzo. Na ocasião, o Atlético utilizou um time alternativo para priorizar a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

“Eu acho que a Copa Sul-Americana é a Segunda Divisão da Libertadores da América. É assim que eu enxergo. Se ela tivesse esse valor muito grande, as duas copas que o Atlético ganhou da Conmebol teriam mais valor do que na verdade têm. No entanto, a gente não vê sendo valorizadas assim, e olha que, naquela época, quem classificava para a Conmebol não era o nono, o décimo, o décimo primeiro não, era o segundo e o terceiro do Campeonato Brasileiro”, disse o dirigente.

“Então, eu acho que a Sul-Americana, além de pagar pouco, ela tem pouco valor, você vê até pelos próprios públicos que vem comparecendo nas partidas, são públicos pequenos se comparados com os públicos que você vê na Libertadores. E nós entendemos que é um campeonato que pode ser interessante, poderia ser interessante se nós tivéssemos passado com uma equipe alternativa e muito provavelmente nós iríamos continuar o torneio com essa equipe alternativa, e ia até onde fosse possível, tentar o título, obviamente, mas não foi, né?”, acrescentou Sette Câmara.

O Atlético ainda corre o risco de ficar sem vaga na Sul-Americana. Isso depende do desempenho do Zamora, que ainda não somou ponto na Libertadores. O time venezuelano, que enfrenta o Cerro Porteño, nesta quinta-feira, pode ultrapassar o Galo na tabela se vencer os paraguaios pelo placar mínimo. Na última rodada, no dia 7 de maio, haverá o confronto direto entre o clube mineiro e o venezuelano, em Barinas, na Venezuela.

O Cerro Porteño lidera o Grupo E, com 12 pontos. Em segundo aparece o Nacional, com o mesmo número de pontos, mas com saldo menor (6 x 3). O Galo é o terceiro, com 3 pontos. O Zamora não pontuou.

Da redação:superesportes

Eldorado1300

AGENDA

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Aldryene Prata

Aldryene Prata

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.