Esporte

Em mata-matas, Atlético tem aproveitamentos parecidos no Independência e no Mineirão

Independência receberá jogo de volta entre Atlético e Cruzeiro (Foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)

Diretoria optou por jogar no horto contra o Cruzeiro, pela final do Mineiro

O Atlético preferiu o Independência ao Mineirão como local para mandar a partida de volta da final do Campeonato Mineiro, contra o Cruzeiro. A escolha se deveu, especialmente, à necessidade de vencer para conquistar o título. A diretoria alvinegra entende que a pressão da torcida no Horto faz a diferença e pode pesar favoravelmente. Mas será que tem sido assim mesmo?
Nos últimos anos, a diferença de aproveitamento como mandante no Independência em comparação com o Mineirão em jogos de mata-mata é pequena. O levantamento leva em consideração o período iniciado em 2012, quando o estádio do Horto foi reaberto. A reinauguração do Gigante da Pampulha foi em 2013.
Nesse período, o Atlético disputou 34 confrontos de mata-mata no Independência. No Horto, o time alvinegro venceu 21 vezes, teve 12 empates e perdeu apenas uma vez, o que corresponde a um aproveitamento de 73,5% dos pontos disputados. Foram 62 gols feitos e 22 sofridos.
No novo Mineirão, foram 12 jogos de mata-mata, sete vitórias, quatro empates e uma derrota. O aproveitamento é de 69,4% – aproximadamente quatro pontos percentuais a menos que os números do Independência. Foram 26 gols feitos e 11 sofridos.
Retrospecto em jogos decisivos
De 2012 para cá, o Atlético disputou 21 jogos de volta de confrontos mata-mata no Independência. Em 16 oportunidades (76,1% do total), o time alvinegro venceu a eliminatória. Em outras cinco, a equipe foi eliminada.

No Mineirão, foram sete partidas de volta a partir de 2013, entre elas a final da Copa do Brasil de 2014. Em cinco oportunidades (71,4% do total), o Atlético levou a melhor no confronto. Em duas, o time foi eliminado.

O jogo
No jogo de ida da final do Campeonato Mineiro, melhor para o Cruzeiro, que venceu por 2 a 1, no Mineirão. Ao Atlético, basta uma vitória por qualquer diferença de gols na partida de volta para conquistar o título estadual. A partida de volta está marcada para 16h30 deste sábado, no Independência.

Veja a seguir o retrospecto detalhado do Atlético em jogos de mata-mata no Independência e no Mineirão a partir de 2012
No Independência
Jogos de mata-mata: 34
Vitórias: 21
Empates: 12
Derrota: 1
Aproveitamento: 73,5%
Gols marcados: 62
Gols sofridos: 22
Jogos de ida: 11
Vitórias: 6
Empates: 5
Derrotas: 0
Aproveitamento: 69,6%
Gols marcados: 18
Gols sofridos: 5
Jogos de volta: 21
Vitórias: 13
Empates: 7
Derrotas: 1
Aproveitamento: 73%
Gols marcados: 42
Gols sofridos: 17
Classificações/títulos: 16
Confrontos em jogo único: 2
Vitórias: 2
Empates: 0
Derrotas: 0
Aproveitamento: 100%
Gols marcados: 2
Gols sofridos: 0
No Mineirão
Jogos de mata-mata: 12
Vitórias: 7
Empates: 4
Derrota: 1
Aproveitamento: 69,4%
Gols marcados: 26
Gols sofridos: 11
Jogos de ida: 4
Vitórias: 1
Empates: 2
Derrotas: 1
Aproveitamento: 41,6%
Gols marcados: 3
Gols sofridos: 4
Jogos de volta: 7
Vitórias: 5
Empates: 2
Derrotas: 0
Aproveitamento: 80,9%
Gols marcados: 20
Gols sofridos: 6
Classificações/títulos: 5
Confrontos em jogo único: 1
Vitórias: 1
Empates: 0
Derrotas: 0
Aproveitamento: 100%
Gols marcados: 3
Gols sofridos: 1
Da redação:superesportes

Redação Redação

Redação Redação

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

setembro 2021
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Redação Redação

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado