Destaques

Deputada estreante confronta ministra Damares: ‘A mão que dá flor também enforca uma mulher’

Facebook/Reprodução + Valter Campanato/Agência Brasil
Facebook/Reprodução + Valter Campanato/Agência Brasil

A deputada federal Sâmia Bomfim, do PSOL, fez um discurso inflamado contra a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, a respeito de violência contra a mulher. As falas foram proferidas na Câmara dos Deputados, nessa quarta-feira (10), e o vídeo viralizou nas redes sociais.

Ao começar a fala, a deputada se solidarizou com a ministra, que revelou ter sofrido abusos na infância. “Sou totalmente solidária com a ministra, ao que ela passou quando era criança. E também com todas as crianças brasileiras, que infelizmente são vítimas de abuso. Gostaria de parabenizá-la pela coragem de expor esse caso, pois isso certamente encoraja outras crianças”, disse a parlamentar.

Sâmia reforçou que a ministra contou que, durante os anos de abuso, em casa e na igreja, ela não obteve nenhuma orientação ou suporte. “Só depois de adulta a senhora conseguiu falar sobre esse caso. Você sabe que se tivesse educação sexual nas escolas, a situação poderia ser diferente”, relata.

 

Cordialidade não combate a violência contra a mulher

A parlamentar ainda lembrou de algumas falas de Damares sobre políticas do ministério em relação às violências sofridas pelas mulheres. “Ensinar os meninos nas escolas a abrirem a porta do carro ou entregar flores para as meninas, como forma de combater o feminicídio no país. E essa inclusive foi a única, não digo nem política pública, mas iniciativa apresentada pela senhora”, disse.

Sâmia comentou sobre o “ciclo de violência” que assola o país e que medidas mais firmes precisam ser tomadas. “Eu tenho que dizer para a senhora que reforçar esses padrões de masculinidade e de cordialidade, de longe não combatem a violência contra a mulher. Na verdade, eles reforçam! Porque faz com que os homens acreditem que eles não precisam respeitar as mulheres, baste lhes entregar flores. Porque a mesma mão que entrega uma flor, é a mão que enforca uma mulher, que abusa e que espanca”.

A deputada volta a defender a educação sexual nas escolas e criticou o governo atual. “É um governo completamente avesso à democracia. O governo pode ter a opinião que quiser […], mas tem que respeitar a política de Estado. E conselho é política de Estado. E também não pode ferir os tratados internacionais de direitos humanos”.

Repercussão

Após a fala da deputada, que foi amplamente compartilhada, os internautas repercutiram o vídeo. A maioria em apoio à Sâmia Bomfim, e contra as posições da ministra Damares Alves.

“Uma pena que a Damares não deve ter entendido metade do que falou. Aliás, maravilhoso discurso e apontamentos, passaria horas ouvindo mais. Precisamos de mais Sâmias pelo Brasil e pelo mundo. Gratidão!”, disse uma pessoa nos comentários do vídeo.

“Você faz com que eu acredite que meu país ainda tem jeito, força sempre”; “Será que essa senhora consegue entender, ou os preconceitos que fazem parte de sua formação não a deixam dar ouvidos à sensatez da Sâmia?”; “É disso que o povo precisa. Gente inteligente, com raciocínio lógico e humano”, foram alguns dos comentários.

*Com BHAZ

Eldorado1300

AGENDA

julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Aldryene Prata

Aldryene Prata

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.