Destaques Policial

Defesa de esfaqueador de Bolsonaro entrega laudo psiquiátrico e pede tratamento

Atualmente, Adélio Bispo está em um presidio federal de Campo Grande
Atualmente, Adélio Bispo está em um presidio federal de Campo Grande

A defesa de Adélio Bispo, que em setembro de 2018 esfaqueou o então presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), irá entregar para a Justiça Federal o laudo que comprova que o agressor tem problemas mentais. Conforme o advogado Zanone Manoel de Oliveira, o documento será protocolado por volta das 12h30, em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.

Com o laudo, uma das estratégias do defensor de Adélio é que a Justiça determine o tratamento do suspeito que atacou Bolsonaro. Atualmente, o homem que desferiu a facada em Bolsonaro está recluso em um presídio federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

“Queremos que o juiz analise os documentos, marque uma nova audiência e encerre essa fase processual. Ou que ele determine o tratamento do Adélio Bispo”, explicou Zanone. Esse é o terceiro exame que analisou a sanidade do agressor do presidente e o documento foi entregue ao Ministério Público (MPF) no mês passado.

Na ocasião, o procurador da República Marcelo Medina explicou as punições aplicáveis em cada possibilidade. Se considerado responsável pelo ato criminoso, Bispo estaria sujeito a pena de reclusão comum. Se o resultado apontar insanidade e falta de capacidade de entendimento e autodeterminação, ele seria internado em uma instituição psiquiátrica por um prazo mínimo de 1 a 3 anos, sendo submetido a reavaliações periódicas.

“Ele poderia cumprir tanto o prazo mínimo, se constatada a cura da doença, quanto ficar em tratamento pelo resto da vida, visto que ele já está na faixa dos 40 anos”, detalhou Medina. Se os laudos encaixarem o acusado na possibilidade intermediária, ou seja, confirmarem a presença de uma doença mental, mas que não afeta a capacidade de entendimento, o réu fica sujeito à interpretação do juiz, que pode tanto determinar a prisão quanto a internação compulsória em uma instituição psiquiátrica, segundo explicou Medina.

O procurador não detalhou o resultado do laudo alegando que o processo corre em segredo de Justiça.

*Hoje em Dia

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.