Destaques Policial

Sirene toca e 500 pessoas são retiradas de casa por risco com barragem da Vale em Barão de Cocais

Segundo a Vale, a decisão é preventiva e aconteceu após a empresa de consultoria negar a Declaração de Condição de Estabilidade à estrutura
Segundo a Vale, a decisão é preventiva e aconteceu após a empresa de consultoria negar a Declaração de Condição de Estabilidade à estrutura

Cerca de 500 pessoas das comunidades de Socorro, Tabuleiro e Piteiras, em Barão de Cocais, na região Central de Minas, deixaram as casas na madrugada desta sexta-feira (8), após avisos por sirenes da Vale. As famílias moram próximas à barragem Sul Superior da mina Gongo Soco.

A ação veio após determinação da Agência Nacional de Mineração (ANM), que foi informada pela Vale que estava em curso o nível 1 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM) em Gongo Soco.

De acordo com a Vale, a decisão teve caráter preventivo e aconteceu após a empresa de consultoria Walm negar a Declaração de Condição de Estabilidade à estrutura.

Pelo Twitter, um morador da cidade destacou que a população foi acordada às 3h da manhã pela polícia, que avisava sobre a possibilidade de rompimento da barragem da cidade. Na rede social, o jovem Vinícius Almeida afirmou que as comunidades deixaram as casas e foram levadas para o ginásio poliesportivo do município. Barão de Cocais está distante 100 km de Belo Horizonte.

Segundo o secretário de Comunicação da cidade, Mardem Chaves, está sendo feito um monitoramento da mina antiga da cidade, que já é desativada.

Sirene toca e 500 pessoas são retiradas de casa por causa de barragem da Vale em Barão de Cocais

Moradores que foram retirados de suas casas foram levados para um ginásio da cidade

Plano

De acordo com o plano de evacuação, em uma eventual ruptura, a comunidade de Socorro seria atingida entre 6 a 12 minutos. Ônibus da Vale e veículos da prefeitura retiraram as famílias. A localidade fica a 2 km da estrutura.

A Vale informou que intensifica as inspeções da barragem Sul Superior e que será implantado equipamento com capacidade de detectar movimentações milimétricas na estrutura. A empresa enviará à cidade consultores internacionais para nova avaliação da situação neste domingo (10).

*Com Hoje em Dia

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.