Policial Super Destaques

Homem é morto pela polícia ao tentar fugir da delegacia onde estava por estuprar a irmã de 6 anos

Ilustrativa
Ilustrativa

Um jovem de 20 anos foi baleado e morto por um policial militar ao tentar fugir da prisão, após ser detido suspeito de estuprar a própria irmã, de 6 anos. O caso aconteceu em São Gotardo, no Alto Paranaíba, nessa segunda-feira (14).

Segundo a Polícia Militar, o estupro foi denunciado no domingo (13), pela madrasta do suspeito. A criança, que é irmã do suspeito por parte de pai, confirmou os abusos e foi levada para o hospital de Patos de Minas, onde passou por exames. O homem foi detido e acabou passando a noite algemado na delegacia.

Na manhã dessa segunda, quando estava sendo encaminhado para a viatura, a fim de ser levado para o hospital onde passaria pelos pelos exames de praxe antes de ir para a prisão, o jovem pediu para ser algemado com as mãos para a frente, em vez de para trás, como estavam, alegando que os braços estavam doendo.

Quando o policial destravou uma das algemas ele se desvencilhou e saiu correndo. O suspeito conseguiu se esconder em uma vala na área externa da delegacia e surpreendeu o policial. Ambos entraram em luta corporal e o homem chegou a tentar pegar a arma do militar. Ele não conseguiu, se desvencilhou novamente e ainda tentou pegar uma pedra, mas acabou sendo baleado na nuca.

O suspeito chegou a ser socorrido e levado para o Hospital de São Gotardo, mas quando estava sendo transferido para o Hospital de Patos de Minas acabou morrendo. O policial envolvido foi conduzido para a sede do 15º Batalhão da Polícia Militar em Patos de Minas. Será instaurado um inquérito para apurar as circunstâncias da morte e, quando for concluído, caberá à Justiça Militar o julgamento do agente.

Ainda conforma a PM, o homem já tinha diversas passagens pela prisão por furto, roubo, desacato e estupro, e já havia tentado fugir da polícia em diversas ocasiões agindo de forma semelhante. Em um dos casos, ele chegou a agredir um juiz durante uma audiência.

Sobre o crime de estupro, a Polícia Civil informou que não pode prestar informações em relação a fatos relacionados a crimes sexuais, especialmente os que envolvem vítima criança ou adolescente, mas que as investigações prosseguem a cargo da Delegacia de São Gotardo.

*Hoje em Dia

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.