Homem mata ex-namorada após ela terminar relacionamento por descobrir que ele era casado, em Formiga

0
630
Pixabay

Um homem cometeu suicídio após matar a ex-namorada a tiros em frente à casa que ela vivia, em Formiga, no interior de Minas Gerais. A filha dela também foi baleada e encontra-se internada em estado grave. O crime vem sendo tratado pela Polícia Civil como feminicídio, ou seja, quando há motivação por questões de gênero. A arma utilizada era ilegal e foi apreendida pelos agentes.

De acordo a polícia, a vítima, Milena Pereira Siqueira, de 37 anos, já havia registrado ocorrência contra o ex, Emerson Modesto de Faria, de 45 anos, por ameaças. O homem ficou preso por um breve período, mas foi liberado após pagar a fiança. Os ataques contra a mulher foram motivados pelo fato de ele não aceitar o fim do relacionamento entre os dois.

Amiga da vítima, a maquiadora Alline Braz divulgou em redes sociais que Milena terminou o relacionamento após descobrir que ele era casado, diferentemente do que ele relatava. Com o fim do namoro, ele passou a ameaça-la. “Ela pediu ajuda, nós pedimos ajuda por ela. E o que foi feito? Nada!”, escreveu.

A polícia acrescenta que o casal permaneceu junto por mais de um ano e que a mulher de Edson tinha ciência disso.

“Ele chegou a ser preso em flagrante, mas no outro dia pagou fiança e saiu”, escreveu Alline, que demonstrou revolta com comentários de internautas criticando Milena. “Eu te afirmo, ela não procurou, tentou sair de um relacionamento abusivo sobre ameaças constantes a ela e suas filhas”, continuou.

Segundo o jornal Extra, uma semana antes do incidente, Milena foi até a Delegacia de Proteção às Mulheres para informar sobre as ameaças. Emerson foi localizado e preso, mas liberado mediante fiança. Pouco depois, a vítima passou a relatar que ele passava de carro frequentemente em sua rua. Até a última quinta, quando aguardou Milena e a filha chegarem em casa.

Ele teria tentado forçá-la a entrar no veículo, segundo relataram testemunhas, mas diante da recusa da mulher, atirou nela e na filha. A menina foi socorrida e encaminhada para o Complexo de Saúde São João de Deus, em Divinópolis, onde foi submetida a uma cirurgia; a adolescente segue em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo.

Testemunhas disseram que ele tentou forçá-la a entrar no veículo, mas ela não quis. Logo depois, atirou em Milena e na adolescente. A menina foi socorrida e transferida ainda durante a madrugada para o Complexo de Saúde São João de Deus, em Divinópolis, cidade vizinha a Formiga. Ela precisou passar por uma cirurgia para a retirada de um dos pulmões e segue em estado gravíssimo na Unidade de Tratamento Intensivo.

No carro de Emerson foram encontrados um facão, uma corda e braçadeiras, além de projéteis e remédio controlado.

(Yahoo.com / Com informações do jornal Extra)

Deixe uma resposta