Arnaldo Martins Colunistas

Céu e Inferno

Reprodução
Reprodução

Você leitor (a) de nossa Conversa Afiada deve estar imaginando:

Qual a ligação do título dessa semana com a foto ilustrativa?

As festividades de Natal e Ano Novo já se passaram, onde será que o Cebolinha quer chegar?

O título tem muito a ver com a foto ilustrativa sim, e após você degustar um pouco mais do texto, verá ao final da história, que venho desde o final de Dezembro falando de “mudanças” para 2019.

Até mencionei em um dos textos sobre as mudanças dos governadores estaduais e o Presidente da República do Brasil.

Embora, em momento algum eu omitisse dizer que nós também teríamos que começar o ano novo com nova mentalidade e espírito de mudanças. Lembra-se?

Atente para história abaixo:

Um homem santo teve um dia para conversar com Deus e lhe perguntou: “Senhor” eu gostaria de saber, como são o Céu e o Inferno?

Deus levou o homem santo a duas portas, Ele abriu uma e o deixou olhar para dentro.

Havia uma grande mesa redonda.

No centro da mesa havia um enorme recipiente contendo comida deliciosamente perfumada.

O homem santo ficou com água na boca.

As pessoas sentadas ao redor da mesa eram  magras pálidas e doentes.

Todos pareciam com fome.

Eles tinham colheres com cabos longos, presas ao braço.

Todos alcançavam o prato de comida e podiam pegar um pouco, mas como o cabo da colher era mais comprido que o braço, não podia levar a comida até a boca.

O homem santo tremeu ao ver a miséria e o sofrimento deles.

Deus disse: “Você acabou de ver o inferno”.

Deus e o homem se dirigiram em direção à segunda porta.

Deus a abriu.

A cena que o homem viu era idêntica à anterior.

Havia a grande mesa redonda e o recipiente que fez dar água na boca.

As pessoas ao redor da mesa também tinham colheres com cabos longos.

Desta vez, no entanto, eles estavam bem alimentados, felizes e conversando uns com os outros, e sorrindo.

O homem santo disse a Deus: Eu não entendo.

É simples, respondeu Deus, eles aprenderam que o cabo da colher não permite que você se alimente, mas permite que você alimente seu vizinho.

Então eles aprenderam a alimentar uns com os outros.

Aqueles na outra mesa, por outro lado, não pensam que em si mesmos…

Inferno e Céu são os mesmos em estrutura, nós trazemos a diferença dentro de nós.

Moral da história:

“Na terra há o suficiente para satisfazer as necessidades de todos, mas não para satisfazer a ganância de alguns.

Consultar

Até a semana que vem se Deus quiser, e Ele há de querer.

Por Arnaldo Martins

Cebolinha

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e asinsa o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e asinsa o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.