Arnaldo Martins Colunistas

MISSÃO IMPOSSÍVEL…

cebolinha-portal-sete-2

Os analistas do futebol dizem que o futebol é uma caixinha de surpresas, e realmente é.

No campeonato brasileiro desse ano, por exemplo, temos os cinco times considerados grandes na expressão do futebol da série A que ainda não foram rebaixados para série B, e cada um deles em situações opostas na tabela de classificação.

Se analisar pela grandeza de cada equipe que são as únicas ainda não rebaixadas, eles deveriam estar se destacando entre os primeiros da tabela de classificação. Certo?

Faltam algumas rodadas para o encerramento da competição e vemos o Flamengo e Santos brigando pelo título da competição, enquanto São Paulo, Cruzeiro e Internacional brigam na parte inferior da tabela e fazendo contas para não serem rebaixados para série B.

São coisas do futebol.

Os matemáticos dizem que serão necessários 45 pontos conquistados para fugir da zona da degola, e os números conquistados até o momento ainda deixam dúvidas quanto a sobrevivência ou não de São Paulo, Cruzeiro e Internacional.

Todos sabem que 4 equipes serão rebaixadas e que seria também uma missão impossível termos os 3 grandes na mesma competição e na mesma condição de rebaixamento.

As torcidas rivais estão deitando e rolando de gozações em cima dos adversários que veem o concorrente em situações opostas.

De nada adianta ter apenas nome de time grande se não haver trabalho de time grande, com plantel de time grande e administração de time grande.

O título de nossa Conversa Afiada mostra uma missão impossível dos cinco times ainda não rebaixados nessa competição fecharem o ano com glórias.

Ou será que São Paulo, Cruzeiro e Internacional ao se manter na série A irão considerar um ano de glórias?

Toda equipe “grande” entra em uma competição com o dever de fazer bonito para sua torcida e conquistar títulos, portanto se manter na Série A não é mais do que a obrigação dessas equipes.

E para isso a diretoria tem que se preparar planejar e executar um trabalho digno de time grande.

Quem acompanha o futebol fica indignado de ver como times considerados “grandes” entram em uma competição e mostram um trabalho de time pequeno.

Sou totalmente contra as torcidas organizadas que praticam atos de vandalismo dentro dos estádios ou mesmo nas sedes dos clubes, mas uma boa maneira de se manifestar seria deixar de ir ao estádio e não bancar status de jogadores que não dão nenhum valor a camisa do clube que o contratou.

Fala-se muito em falta de dinheiro para investimentos.

Ora! Foram os próprios dirigentes e empresários que criaram essa situação para nosso futebol com valores exorbitantes para a negociação de atletas.

Ninguém nega que toda equipe de futebol hoje se tornou uma empresa, porém os altos valores impostos para a negociação de atletas dificulta a manutenção de jogadores de nível no futebol brasileiro.

Conclusão: Monta-se time para disputar série A com plantel de série B e ainda querem obter resultados satisfatórios para conquistar títulos.

Missão impossível…

 

espetinho-rodizio-145-x-125

Até a semana que vem se Deus quiser,

e Ele há de querer.

Por Arnaldo Martins

Cebolinha

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

outubro 2020
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado