Tardelli no Atlético? Levir deixa possibilidade no ar, fala em ‘muitas’ mudanças no elenco e promete novidades em breve

0
163
Foto: Web

Ídolo, atacante está livre no mercado após término de contrato com clube chinês

Mais uma janela de transferências chegando e… Mais uma vez o nome de Diego Tardelli é cogitado no Atlético. Sem contrato com clube algum após o término do vínculo com o Shandong Luneng, da China, o atacante voltou a ser pauta na Cidade do Galo. Mas a chance de voltar a defender o Alvinegro é real ou apenas um sonho? O técnico Levir Culpi deixou a possibilidade no ar…

“Aquela resposta que eu dei na pergunta anterior foi tudo o que eu podia falar. Você já está querendo saber muita coisa. Então, vamos deixar um ponto de interrogação para que todo mundo fique curioso assim, tá? Você vai ficar sem resposta. Mas fique certo: nós estamos olhando tudo o que está acontecendo no mercado. Estamos procurando o melhor para o Atlético. Nós vamos fazer um time legal para a temporada que vem, eu tenho certeza”, disse Levir Culpi após a vitória alvinegra por 1 a 0 sobre o Botafogo, na noite deste sábado.
O triunfo no Independência, em jogo da última rodada do Campeonato Brasileiro, garantiu o Atlético na próxima edição da Copa Libertadores. Com isso, a expectativa é que o investimento em contratações seja maior em relação ao deste ano. E a tendência é que realmente haja muitas mudanças no elenco alvinegro, prometeu Levir.
“Posso dizer que sim, posso dizer que sim (que elenco vai ter muitas mudanças). Teremos algumas modificações. Já temos um plano para seguir. Agora, temos de tomar as decisões, chamar jogadores… Alguns deverão sair, e outros deverão chegar. Então, nós pensamos em dar o reforço ao time, porque é a Libertadores. Então, acho que precisamos reforçar realmente. Isso é um consenso que existe na diretoria e na comissão técnica. Nós vamos entrar com um time forte para a Libertadores. Isso vai acontecer. Os jogadores, alguns deverão sair, e outros deverão chegar”, disse.
Levir prometeu um time forte na próxima temporada. O treinador, entretanto, manteve o mistério. Citou a possibilidade de reintegrar ao elenco jogadores que atualmente estão emprestados a outros clubes e admitiu a chance de perder atletas, seja via dispensas, seja com trocas ou vendas.
“Dá sim, dá para dizer que serão muitas (alterações no elenco) sim. Porque nós estivemos observando e colocando no papel, no plano tático as contratações, a situação dos jogadores, os que estão emprestados… Alguns poderão ser negociados também. Os jogadores do Atlético estão valorizados. Alguns realmente são muito valorizados. Então, tem tudo isso. Tem essa negociação de final de ano. Por isso que digo que deverá ser um pouco grande a modificação de elenco. Eu tenho (indicação de jogadores). É claro, nós temos vários nomes (de jogadores cobiçados), inclusive. Alguns clubes pretendem alguns jogadores do Atlético. Então, pode haver uma negociação em paralelo, ou vai um e vem outro. Mas nós já temos nomes, já estamos discutindo os nomes. Já temos conversado com os empresários, os clubes, os jogadores. Temos nos reunido, sim, e temos conversado. Em breve, teremos algumas notícias já nesse sentido”, disse Levir.
Problema na defesa?
Principal zagueiro do Atlético, o veterano Leonardo Silva, de 39 anos, deixou o gramado no segundo tempo em função de dores na coxa. Ainda não se sabe a gravidade do problema, mas uma eventual lesão poderia dificultar o planejamento alvinegro para a Libertadores. Afinal, a estreia na competição será na primeira semana de fevereiro de 2019. Seria a defesa um setor prioritário para a contratação de reforços?
“Isso eu não tenho certeza onde (posição) tem mais jogadores que estamos procurando. Mas, com certeza, tem um pacote. No sistema defensivo vamos ter algumas modificações também. Não vamos falar agora sobre nomes. Pelo contrário, nós temos várias situações. É um trabalho da diretoria. A comissão técnica participa também, conversando, dando opinião, dando seus nomes, mas o principal mesmo é o presidente com o diretor de futebol, que fazem as negociações. Porque entra a parte financeira, o ‘como pagar’, o ‘como contratar’, é aí que pesa. Todo mundo quer, todo mundo gosta de contratar, mas quem sabe como pagar é somente o presidente, o diretor de futebol. Eles têm controle dessa situação”, finalizou Levir.
Da redação:superesportes

Deixe uma resposta