Arte de moradores sai dos bairros para o palco em Sete Lagoas

0
284
CATIVANTE - A dança atrai um público diversificado, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos

Participantes de Programa de Esporte e Lazer se apresentam na Primeira Mostra de Dança 

Participantes do Programa Esporte e Lazer da Cidade (Pelc) mostraram no palco, por meio da dança e da magia da arte circense, os resultados das ações desenvolvidas em diferentes regiões de Sete Lagoas.

Implantado há 11 meses na cidade, o programa do governo federal, em parceria com a Prefeitura de Sete Lagoas, beneficia cerca de 4 mil moradores com atividades de cultura, esportes e lazer.

Sob aplausos de grande público, integrantes do programa se apresentaram na noite do último dia 22, no auditório do Centro Universitário Unifemm, durante a primeira Mostra de Dança do Pelc. O espetáculo integra a agenda em comemoração aos 151 anos de Sete Lagoas.

Ao todo foram 12 números de dança e arte circense, com a participação de todos os núcleos envolvidos. Cada componente recebeu uma medalha alusiva à participação no evento. O acesso do público foi gratuito.

O Pelc, desenvolvido por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, vem ganhando cada vez mais espaço na cidade. O prefeito de Sete Lagoas, Leone Maciel, considera o Pelc uma alternativa excelente para promover a interatividade entre as diversas regiões da cidade.

“Existem vários programas vinculados à Secretaria de Esportes que contribuem para a harmoni-zação das pessoas. O Pelc proporciona esse trabalho com muita excelência, pois abrange várias atividades, além do futebol e de outras modalidades esportivas. Nosso papel é apoiar e dar as melhores condições para que o programa atinja todos os objetivos junto à comunidade e, no caso específico deste evento, é uma ótima oportunidade para fomentarmos a prática da dança em todas as faixas etárias da população”, destacou.

A população sete-lagoana abraçou o Pelc ao longo de 2018, pois uma das premissas do programa é promover as potencialidades de cada território, onde estão localizados os núcleos, contribuindo para o desenvolvimento social e cultural da região.

A ideia é garantir a equidade e autonomia dos participantes em cada modalidade. Em Sete Lagoas o Pelc conta com dez núcleos, oito subnúcleos. O projeto conta com grandes parcerias com os setores público e privado.

Da Redação

Deixe uma resposta