Cruzeiro revela condição para abrir negociações por Arrascaeta com clubes do exterior

0
394
Foto: Web

Jogador de 24 anos é o mais valioso do elenco cruzeirense

Aos 24 anos, De Arrascaeta é apontado como jogador mais valioso do elenco do Cruzeiro. Camisa 10 do clube e da Seleção Uruguaia na última Copa do Mundo, o meia cresce de produção a cada temporada e volta e meia desperta o interesse de times europeus. Mas, segundo o vice-presidente cruzeirense Itair Machado, há condições para uma eventual negociação ser aberta.

”Eu fiz um compromisso em janeiro com os procuradores (do Arrascaeta) que acima de 30 milhões de euros a gente poderia conversar”, disse o dirigente em entrevista à TV Record.
Por ter idade considerada ideal para uma transferência para a Europa, Arrascaeta já manifestou à diretoria cruzeirense o desejo de, em algum momento, buscar novos objetivos na carreira. Mas Itair Machado assegurou que só uma proposta acima dos 30 milhões de euros (R$ 127 milhões) pode convencer o Cruzeiro a liberá-lo.
”Arrascaeta, só se vier um grande dinheiro. Pela idade do Arrascaeta, ele tem essa pretensão de jogar na Europa. A gente conversa abertamente, ele está muito feliz no Cruzeiro e ele brinca comigo: ‘Itair, 30 milhões de euros é só China, China não dá’. Ele fica brincando. Aí eu falo, ‘calma, nós vamos aumentar para 50 milhões de euros (a pedida)’ (risos)”, declarou o vice-presidente sobre conversas com o meia uruguaio.
Ainda de acordo com Itair, o Cruzeiro só recebeu propostas por Arrascaeta entre 12 e 15 milhões de euros.
Este ano, Arrascaeta é o artilheiro do Cruzeiro, com 15 gols, ao lado de Thiago Neves. Foram três gols na Copa Libertadores, seis no Brasileiro, dois na Copa do Brasil e quatro no Campeonato Mineiro. Ele ainda contribuiu com nove assistências.

Em fevereiro passado, o Cruzeiro renovou o contrato de Arrascaeta até dezembro de 2021 e aumentou a multa contratual para R$ 120 milhões (valor próximo dos 30 milhões de euros citados por Itair). Na ocasião, o meia recebeu uma valorização salarial.

Da redação:superesportes

Deixe uma resposta