Saiba o que é preciso para que o Atlético venda o Diamond Mall

0
43
Foto: Web

Diretoria estuda a possibilidade de negociar 49,9% do shopping

A diretoria do Atlético estuda a possibilidade de vender a parcela que o clube detém (49,9%) do Diamond Mall, shopping localizado em Lourdes, bairro na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Com o dinheiro, os dirigentes – encabeçados pelo presidente Sérgio Sette Câmara – pretendem reequilibrar financeiramente o clube. Mas o que é necessário para que a eventual proposta seja aprovada?

A venda do shopping passa pela apreciação do Conselho Deliberativo. Por se tratar de uma proposta de venda de patrimônio, é necessário que ao menos dois terços dos integrantes votem favoravelmente.
“Qualquer venda de patrimônio do Atlético tem que passar pelo quórum qualificado. É dois terços do Conselho total, não dos presentes (na votação). Por enquanto, desconheço essa possibilidade (de venda do shopping), então não gostaria de falar sobre hipótese”, disse o presidente do Conselho, Rodolfo Gropen.
O principal responsável pela avaliação da possibilidade da venda é o diretor financeiro do clube, Carlos Fabel. Se o projeto realmente for à frente, a tendência é que a avaliação pelo Conselho fique para 2019 ou mesmo 2020.
O processo é semelhante ao que ocorreu em 18 de setembro de 2017, quando 260 conselheiros votaram favoravelmente pela venda de 50,1% do shopping por R$ 250 milhões. Apenas nove foram contrários. O valor será destinado à construção da Arena MRV, estádio próprio do Atlético a ser erguido no bairro Califórnia, na Região Noroeste da capital mineira.
Da redação:superesportes

Deixe uma resposta