Adilson diz como pretende fazer para segurar o América na Série A do Brasileiro

0
156
Foto: Web

Coelho está na zona de rebaixamento, com grande risco de queda

Pressionado pela má fase do América, que entrou na zona de rebaixamento e corre grande risco de cair para a Série B, o técnico Adilson Batista disse que vai trabalhar com os jogadores sem pressioná-los ainda mais. O técnico prometeu muita conversa e correção de erros nos treinos durante a semana.

“Mostrando, corrigindo, mostrando vídeo, levando para o treino”, enumerou o treinador.

A última vitória do time americano ocorreu no dia 6 de setembro, pela 23ª rodada. Desde então, foram cinco empates (Ceará, São Paulo, Corinthians, Atlético e Grêmio) e quatro derrotas (Botafogo, Atlético-PR, Chapecoense e Cruzeiro).

Antes da derrota no clássico, um grupo de torcedores foi ao CT Lanna DrumondA pressão promete aumenta ainda mais. O próximo jogo promete ser decisivo para o América. Último colocado e já virtualmente rebaixado, o Paraná será o rival, em jogo no Independência. Uma vitória pode elevar o moral do grupo americano. Empate ou derrota deixa o cenário ainda mais complicado.

Adilson tem experiência em comandar clubes brigando contra a queda. Segundo ele, o momento é de passar tranquilidade. “Cheguei e nós estávamos na zona. Saímos com as vitórias contra Santos e Inter. A gente sabia da dificuldade, lamento alguns pontos. Agora, é passar tranquilidade. Tenho experiência. Conseguimos em 2003 no Grêmio, em 2004 no Paysandu, depois em 2005 no Figueirense (…)”, afirmou Adilson.

Sequência do América até o fim do ano

  • Paraná, no Independência
  • Internacional, no Beira Rio
  • Santos, no Independência
  • Palmeiras, no Allianz
  • Bahia, no Independência
  • Fluminense, no Maracanã

Da redação:superesportes

Deixe uma resposta