Corpos de crianças desaparecidas no Rio das Velhas são localizados em Várzea da Palma

De acordo com os bombeiros, corpo de menino de 13 anos foi encontrado por volta das 14h; corpo do irmão dele, de 10 anos, foi localizado na manhã desta sexta (19).

0
2619
Família das crianças fazia churrasco às margens do Rio das Velhas, quando os dois meninos se afogaram — Foto: Kako Fernandes/VC no G1

O Corpo de Bombeiros de Pirapora confirmou na tarde desta sexta-feira (19) que o segundo irmão que desapareceu no Rio das Velhas, na última quinta (18), teve o corpo resgatado por volta das 14h. As duas crianças, de 10 e 13 anos, brincavam às margens do rio, em Várzea da Palma, quando foram arrastadas pela correnteza e desapareceram. Cerca de 24 horas depois os bombeiros finalizaram a operação de resgate.

O irmão de 10 anos, Welberth Rafael de Oliveira Pereira, foi o primeiro a ter o corpo resgatado pelos militares; a assessoria confirmou que o menino foi encontrado logo pela manhã desta sexta em um ponto conhecido do rio como Cai D’água. A segunda vítima a ser localizada foi Ryan Douglas de Oliveira Pereira, de 13 anos, que também foi localizada na mesma área. Os dois estavam próximos ao local onde desapareceram.

Os dois corpos foram encaminhados por uma funerária local ao Instituto Médico Legal (IML) de Pirapora. Até a tarde desta sexta, não há previsão de liberação das vítimas. Informações sobre velório e enterro das crianças não foram divulgadas.

Entenda o caso

As crianças, de 10 e 13 anos, brincavam às margens do rio na tarde dessa quinta-feira (18) quando foram arrastadas por uma correnteza. Bombeiros informaram que o menino mais novo começou a se afogar e o mais velho tentou salvá-lo, mas os dois desapareceram momentos depois.

A mãe e padrasto dos meninos estavam fazendo churrasco próximo ao Rio das Velhas. O padrasto acionou o socorro por telefone, quando percebeu que as vítimas foram arrastadas e as perdeu de vista. Os bombeiros afirmaram que o rio apresenta uma correnteza muito forte nos últimos dias, e equipes de mergulhadores se revezavam nas buscas.

Deixe uma resposta