Destaques Saúde

Campanha de vacinação contra a gripe termina hoje

(Foto: Jair Amaral/EM/DA Press - 18/04/2017)
(Foto: Jair Amaral/EM/DA Press - 18/04/2017)

Em 2018, conforme o Ministério da Saúde, já foram registrados 109 casos de gripe no Estado. Trinta mineiros morreram em decorrência da enfermidade.

A campanha de vacinação contra a gripe chega hoje ao fim com um alerta para as autoridades. Assim como durante toda ação, iniciada há quase dois meses, a imunização de crianças e gestantes em Minas Gerais continua abaixo do esperado. A preocupação é maior porque o inverno já começou e o risco da doença é maior nesta época do ano.

Em Belo Horizonte, as doses estão disponíveis gratuitamente nos centros de saúde. Porém, o horário de atendimento nas unidades será alterado nesta sexta-feira por conta do jogo do Brasil contra a Costa Rica, pela Copa do Mundo. O funcionamento será somente das 13h às 18h.

“Ainda está em tempo e é essencial vacinar. Quem procurar os postos ainda hoje terá a garantia de estar protegido a maior parte do inverno”, reforça Vandack Nobre, infectologista do Departamento de Clínica Médica da UFMG.

Em 2018, conforme o Ministério da Saúde, já foram registrados 109 casos de gripe no Estado. Trinta mineiros morreram em decorrência da enfermidade.

A campanha busca proteger 90% das pessoas que integram os grupos prioritários. Além das grávidas e menores de 5 anos, são alvo idosos, professores, profissionais da saúde, detentos e pessoas com alguma enfermidade crônica, dentre outros.

No geral, a cobertura na capital mineira já ultrapassa 90%, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA). O grupo com a menor adesão é o formado por crianças menores de 5 anos, que alcançou 65% da meta. As gestantes ainda não chegaram ao desejável e mais de 30% delas ainda não recebeu a dose.

“Ainda está em tempo e é essencial vacinar. Quem procurar os postos ainda hoje terá a garantia de estar protegido a maior parte do inverno”

Já no Estado, docentes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto) e idosos ultrapassam o objetivo. Porém, entre as crianças (70%) e grávidas (75%) ainda é preciso melhorar os índices, conforme os dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) na última quarta-feira.

Outros públicos

Na capital, a partir da semana que vem, as vacinas restantes estarão disponíveis para puérperas, mulheres que não sabiam que estavam grávidas durante a campanha e para a segunda dose das crianças.

Nos demais municípios, segundo a SES, caso haja disponibilidade após o dia 25, a proteção será ofertada para a população de 5 a 9 anos e de 50 a 59.

Segundo o Estado, os municípios têm autonomia para decidir como vão conduzir a vacinação dessas pessoas.

Por Mariana Durães – hojeemdia

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.