Cidade Jornal Saúde Super Destaques

Hospital Municipal já pode captar córneas

Em 10 de março foi realizada primeira retirada de globo ocular
Em 10 de março foi realizada primeira retirada de globo ocular

Após meses de treinamento, equipe médica do Monsenhor D’Amato está oficialmente habilitada

O Hospital Municipal Monsenhor D’ Amato, principal rede de atendimento a casos de urgência e emergência de Sete Lagoas, já está habilitado a captar córneas doadas para transplantes. No último dia 10 a equipe da unidade de saúde, em treinamento desde o ano passado, realizou a primeira enucleação (retirada de globo ocular) no próprio hospital.

Com o sinal verde do MG Transplantes, responsável pela política de doação e captação de órgãos e tecidos em Minas Gerais, o hospital passa a ser o único na região a fazer tais procedimentos.

Há nove anos o Hospital Municipal criou uma Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT), composta por profissionais multidisciplinares (médicos, enfermeiros, psicólogos) que atuavam na conscientização de colegas e familiares de pacientes sobre a importância da doação de órgãos e tecidos.

Beatriz Fonseca, coordenadora dessa comissão interna, acredita que a habilitação vai contribuir para a redução da fila de pacientes que aguardam por um transplante –977 pessoas até o fim de 2017, segundo o MG Transplantes.

Vale ressaltar que, no Brasil, as doações só podem ser realizadas com o consentimento de algum familiar de primeiro grau, como pais, filhos, esposa, marido ou irmãos.

Após a identificação do doador e da autorização da família, o MG Transplantes fará a coleta no Monsenhor D’ Amato.

O médico Caio Márcio Dutra Teixeira, responsável técnico do MG Transplantes em Sete Lagoas, destacou que é quase inexistente o risco de transmissão de doenças durante os procedimentos.

“São realizados pela enfermagem de nível superior. Eu fico como referência médica técnica. Existe todo um protocolo a ser seguido e fazemos tudo dentro das normativas. O MG Transplantes faz os testes com as doações e posso afirmar que as transmissões de doenças por este transplante são raríssimas”, pontuou.

VISÃO EM DIA

Diretora da Fundação Hilton Rocha, em Belo Horizonte, a oftalmologista Ariadna Borges Muniz afirma que vários fatores podem levar à perda da visão, como acidentes e doenças. “Desde o uso inadequado de lentes de contato, que podem causar infecções, até uma conjuntivite séria, que não foi bem tratada, ou úlcera de córnea. São fatores de risco que podem levar ao leucoma, quando os olhos ficam com uma mancha branca”, detalha

A especialista garante que após um transplante de córnea a recuperação costuma ser tranquila, sobretudo quando o paciente segue as recomendações médicas. “Leva por volta de seis meses para que todos os pontos sejam absorvidos pelo organismo. Mas, no geral, os resultados são muito satisfatórios”.

Ainda conforme a médica, casos de rejeição são raros. “Normalmente, acontecem apenas quando a pessoa não utiliza os antibióticos e anti-inflamatórios receitados”.

Por Giovani Cruz

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Silva Júnior

Silva Júnior

Silva Júnior - Jornalista, radialista, colunista e setorista do futebol sete-lagoano, assina ainda o programa Eldorado nos Esportes na Rádio Eldorado AM 1300

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.