Diretor do HNSG conta a real situação da entidade no Programa Passando a Limpo

0
1089

O Programa Passando a Limpo desta sexta-feira (23) teria como convidado o diretor geral do Hospital Nossa Senhora das Graças, porém, após cumprir compromisso em Belo Horizonte, no retorno a Sete Lagoas nesta manhã, um engarrafamento na BR-040 impossibilitou sua chegada em tempo para entrevista in loco. No entanto, através de contato telefônico, Cléber entrou no ar e abordou importantes temas com os entrevistadores Álvaro Vilaça e Wagner Oliveira.

Cléber pontuou que, assim como outras entidades filantrópicas, a falta de repasse do Estado, tem deixado a situação difícil e mesmo não interrompendo os atendimentos na instituição, esse fato tem forçado a administração a tomar certas medidas, realizando diversas ações para manter a sustentabilidade do Hospital. Tem firmado parcerias importantes com deputados, garantindo mais recursos para o caixa do hospital, que possibilitem cobrir esse déficit. Diz ainda que estão ampliando a parceria com a Unimed, também em processo de renegociação com fornecedores, para aliviar o endividamento que subtrai muito dos recursos da entidade. Ele conta ainda que o HNSG tem sua relevância como regional por atender a uma população de aproximadamente 650 mil habitantes, além de ser a única maternidade dessa região, com atendimentos de alta complexidade, como hemodiálise, cirurgia cardíaca, a própria oncologia, dentre outros, salientando que o hospital tem estrutura para atender a essa população, a problemática é efetivamente manter o operacional, pelo tamanho, complexidade e custos hospitalares.

Sobre os atrasos salariais, Cléber conta que não tiveram condições de pagar os salários no quinto dia útil, como manda a legislação, mas tem quitado tudo com recursos do município, até o dia 28 de cada mês. Ele conta que a Irmandade teve um problema sério de repasse no mês de janeiro, que impossibilitou o pagamento na totalidade, porém, já conseguiram equacionar  soma e nessa sexta-feira (23), efetuaram o restante desse pagamento. Com a parceria da Unimed, o hospital conseguiu um aumento na ordem de 30% de faturamento de convênio.

O Hospital Nossa Senhora das Graças atende a 35 cidades da região sete-lagoana.

Ação entre amigos violãqo wesley Safadão HNSG

No mês de abril, um evento organizado por João Wellington irá arrecadar leite longa vida para ajudar a instituição, dentre outras, e para angariar fundos, está sendo promovida uma ação social solidária, que irá rifar um violão autografado do cantor Wesley Safadão, que será sorteado no dia do seu show em Sete Lagoas, o que proporcionará ao ganhador, além do violão, uma visita ao camarim do artista. As rifas estão à venda no Limão de Gravata, no Shopping Sete lagoas e no próprio Hospital Nossa Senhora das Graças. A renda arrecadada será destinada à unidade de oncologia da instituição.

Acompanhe a entrevista na íntegra na fanpage do site setelagoas.com.br

 

Deixe uma resposta