ANÁLISE: CRUZEIRO JOGA MAL, PERDE MAIS UMA E DEIXA A TORCIDA PREOCUPADA PARA QUARTA

1
485
Avaí venceu a sua segunda partida consecutiva (Foto: Eduardo Valente/Light Press/Cruzeiro)

Derrota para o Avaí, na Ressacada, faz com que cruzeirenses fiquem alertas para decisão de vaga na semifinal da Copa do Brasil, contra o Palmeiras, no Mineirão

Mais posse de bola, mais finalizações, maior volume de jogo e um pênalti claro não marcado a seu favor. Nada disso, porém, serve como desculpa para o Cruzeiro, que, na tarde desse domingo, em Florianópolis, perdeu por 1 a 0 para o Avaí, que está na zona de rebaixamento desde que o Campeonato Brasileiro começou. O resultado deixa o time mineiro estacionado no meio da tabela e tira um pouco do ânimo da torcida, que chegou a ficar empolgada após as boas atuações diante de Palmeiras, Atlético-PR e Flamengo.

A verdade é que, mesmo com todos os números a favor, o Cruzeiro não teve um grande desempenho diante do time catarinense. Foi confuso durante a maioria do jogo e mereceu o resultado negativo, porque foi omisso e passivo diante de um adversário mais fraco tecnicamente, mas que atuou com mais raça e determinação.

Durante 66% do jogo, o Cruzeiro teve a posse de bola. Finalizou 21 vezes contra apenas cinco do Avaí. Mas de nada adianta bombardear o goleiro adversário, se os arremantes não tiverem qualidade. Foi isso que faltou ao time, que rondou o gol de Douglas, tocou a bola, inverteu as jogadas, mas não conseguiu marcar um gol sequer.

Por outro lado, a defesa falhou num lance que decidiu o jogo. Diogo Barbosa deu espaço para Leandro Silva cruzar, a zaga se embananou, e Júnior Dutra aproveitou a melhor chance do Avaí para definir a partida. Fábio foi praticamente um espectador durante todo o jogo, o que prova a eficiência do time catarinense, enquanto o Cruzeiro, que tanto atacou, não conseguiu empatar, mesmo tendo mais de 70 minutos para tentar.

A derrota em Florianópolis deixa os cruzeirenses com a pulga atrás da orelha. Quarta-feira, o compromisso é pela Copa do Brasil, contra o Palmeiras, no Mineirão. A certeza da torcida é que, se repetir o mesmo futebol deste domingo, o time vai dar adeus a mais uma competição em 2017.

Fonte: globoesporte.com

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta