Agenda Cultural Entretenimento

David Abreu lança seu primeiro single de projeto autoral

Foto: Hermano Marco

O cantor David Abreu, lança hoje (12) seu novo projeto artístico, desta vez, como compositor. Com pretensões futuras de lançar um CD de autorais, o artista estreia essa nova fase com o single “Galope Imaginário”, uma reflexão filosófica do compositor e intérprete sobre “nossa curta existência, da ladeira que nós chamamos de vida”, expressou.

Apesar de bem conhecido como cantor e violeiro, David relata que seu lado autoral precede suas subida aos palcos. “O compositor surgiu antes mesmo do intérprete profissional. No período do final do ensino médio foi onde dei início às composições que eu poderia “mostrar a alguém”, pois já vinha, desde muito novo, fazendo músicas próprias, mas todas despretensiosas. Quando senti o amadurecimento das melodias, resolvi levar a sério as letras e assim, ter essa leva de músicas para se trabalhar. Fui ser cantor profissional quase um ano depois de virar essa chave”, esclareceu.

Sobre a música “Galope Imaginário”, ele pontua sobre o formato. “A letra segue uma configuração de rimas e métrica chamada ‘Martelo Agalopado’, que é uma modalidade de poema utilizada na cantoria popular e na literatura de cordel. O texto está cheio de imagens simbólicas, metáforas e comparações de pontos extremos, para que o ouvinte possa realmente galopar na imaginação, já que o nome da música é “Galope Imaginário”, evidenciou.
A gravação faz parte do seu futuro álbum de estreia, com todas as músicas de sua autoria, que terá elementos mais inesperados no conjunto da obra do que nesta música só. Galope Imaginário trilha na linha onde David Abreu está acostumado a trabalhar, que é na sonoridade interiorana e popular.

A princípio David pretende disponibilizar “compactos”, de três em três meses, 4 músicas antes de lançar o disco. “Quem acompanhar os lançamentos verá que estas músicas carregam em suas capas um quebra cabeças, já planejado para dar seguimento ao disco, que por si só, também será um quebra-cabeças, com mensagens escondidas, imagens que se formam com a junção do material gráfico, quando sair em mídia física e também as letras que conversam entre si formando um trabalho homogêneo e criativo”, destacou.

O lançamento de “Galope Imaginário” será hoje, dia 12, nas plataformas digitais como Spotify, Deezer, YouTube Music e outras que trabalham com armazenamento de música.

Foto por Gabriel Fonseca

Confira a entrevista com o artista David Abreu na íntegra:

– Desde muito novo você atua na música interpretando composições de outros artistas e também dedilhando a viola. O que o inspirou nesse momento a virar a chave para compor um Single?

O compositor surgiu antes mesmo do intérprete profissional. No período do final do ensino médio foi onde dei início as composições que eu poderia “mostrar a alguém”, pois já havia desde muito novo fazendo músicas próprias, mas todas despretenciosas. Quando senti o amadurecimento das melodias, resolvi levar a sério as letras e assim, ter esta leva de músicas para se trabalhar. Fui ser cantor profissional quase um ano depois de “virar essa chave”.

– Sobre o que fala a letra da composição?

A letra é uma reflexão filosófica da nossa curta existência, da “ladeira que nós chamamos de vida”, sob minha ótica.
A letra segue uma configuração de rimas e métrica chamada Martelo Agalopado, que é uma modalidade de poema utilizada na cantoria popular e na literatura de cordel.
O texto está cheio de imagens simbólicas, metáforas e comparações de pontos extremos, para que o ouvinte possa realmente galopar na imaginação, já que o nome da música é Galope Imaginário.

– Você transita lindamente pelo universo sertanejo raíz, a sua música vem nessa vertente, ou seus admiradores podem esperar algo inusitado e surpreendente desse trabalho?

Na verdade sempre transitei pela música popular por completo, seja na vertente da música caipira, seja da nordestina, que é sem dúvida a que mais me inspira e me induz a conhecer e a buscar o que há de popular em Minas e no restante do Brasil.
A gravação faz parte do lançamento do meu futuro álbum de estreia, que terá elementos mais inesperados no conjunto da obra do que nesta música só. Galope Imaginário trilha na linha onde sempre costumei trabalhar, que é na sonoridade interiorana e popular. É a única do disco que tem elementos puramente “regionais”.

– É mais difícil compor ou interpretar?

Compor é mais difícil porque resulta de uma sequência de acontecimentos. No meu caso há a espera da melodia, que geralmente surge de forma espontânea, depois um tema para se abordar na letra e por fim a inspiração para escrevê-la.

– Você tem planos para seguir com novas composições? Podemos esperar pro futuro um álbum de autorais do David Abreu?

Esta metodologia não é uma regra, como por exemplo, Galope Imaginário foi uma composição totalmente livre no tema do texto, que aliás veio primeiro que a melodia, coisa rara de acontecer comigo.
Ainda há um porém, nem sempre o tema pensado para se escrever é o que realmente fica na música. Na hora a atenção pode ser desviada a outra questão ou quem sabe, o assunto fuja ao seu modo de expressar, e assim a composição torna-se outra ou nem concretiza-se. Por isto a dificuldade é maior do que a de interpretar algo pronto.

O planejamento a ser seguido é realmente o do álbum com todas as músicas de minha autoria. Disponibilizarei em forma de “compactos”, a princípio de três em três meses, 4 músicas antes de lançar o disco. Quem acompanhar os lançamentos verá que estas músicas carregam em suas capas um quebra cabeças, já planejado para dar seguimento ao disco, que por si só também será um quebra-cabeças, com mensagens escondidas, imagens que se formam com a junção do material gráfico, quando sair em mídia física e também as letras que conversam entre si formando um trabalho homogêneo e criativo.

– Onde seus fãs poderão ouvir sua primeira música autoral? Vai ter uma programação especial, horário?

O lançamento será neste dia 12/11 nas plataformas digitais como Spotify, Deezer, YouTube Music e outras que trabalham com armazenamento de música.
Há um planejamento estudado para que se disponibilize em CD daqui a algum tempo, por causa da valorização do material gráfico, do ouvinte que gosta de colecionar e do que não tem acesso à música armazenada na Internet.

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

dezembro 2021
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado