Destaques

Caixa anuncia primeiros projetos habilitados no programa Caixa Florestas

O CAIXA Florestas vai realizar o plantio de 10 milhões de árvores nos próximos cinco anos. Primeiras iniciativas apoiadas promoverão o plantio de mais de 600 mil árvores, além de inclusão social de pessoas em situação de vulnerabilidade

A CAIXA anunciou nesta segunda-feira (18/10), em evento realizado em São Roque de Minas (MG), os primeiros projetos contemplados pelo programa CAIXA Florestas, que prevê o plantio de 10 milhões de árvores nos próximos cinco anos. Três iniciativas já estão habilitadas a receber o apoio financeiro do banco: Nascentes Vivas (MG), Sabará-Caeté (MG) e Rio Manuel Alves da Natividade (TO). Juntas, elas vão promover o plantio de mais de 600 mil árvores, além de inclusão social de pessoas em situação de vulnerabilidade.

O anúncio foi feito durante cerimônia de assinatura de protocolo de intenções entre a CAIXA e o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), para viabilizar os projetos selecionados no âmbito do programa Águas Brasileiras, do Governo Federal.

O evento contou com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, do presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, e demais autoridades.

Pelo CAIXA Florestas, o banco destina parte de seu lucro para implementar iniciativas que promovam a revitalização e preservação de nascentes e bacias hidrográficas do país, promovendo inclusão social de pessoas em situação de vulnerabilidade. A proposta de atuação do banco também abrange o apoio a projetos de preservação da fauna e da flora, além de iniciativas de educação socioambiental e ensino de microfinanças para a população.

Projeto Nascentes Vivas (MG):

A CAIXA apoiará o projeto Nascentes Vivas, que visa recuperar 1,5 mil nascentes na Bacia do Rio Verde Grande, ao longo de 27 municípios de Minas Gerais. Com o plantio de espécies frutíferas e lenhosas, além de reestabelecer a cobertura vegetal, a ação vai gerar renda para as comunidades e estimular o comércio local.

Projeto Sabará-Caeté (MG):

O projeto Sabará-Caeté (MG) receberá apoio da CAIXA para ampliar a capacidade de coletar sementes, passando de 300 quilos para 2 toneladas ao ano, no viveiro Probiomas. A produção de mudas de espécies florestais nativas e frutíferas também deve aumentar, passando de 10 mil para 60 mil mudas ao ano. O projeto ainda pretende recompor 120 hectares de áreas degradadas da sub-bacia do Ribeirão Sabará-Caeté.

Projeto Rio Manuel Alves da Natividade:

A CAIXA financiará o projeto Rio Manuel Alves da Natividade, que vai elaborar diretrizes para a recuperação integral de áreas deterioradas na bacia hidrográfica de mesmo nome, na região sudeste do estado do Tocantins. Será implantado um sistema de tratamento de efluentes unifamiliar. Também estão previstas ações de educação ambiental e qualificação de professores da região.

Programa Águas Brasileiras: 

O programa Águas Brasileiras pretende ampliar a quantidade e a qualidade da água disponível para consumo e para o setor produtivo, além de fomentar o desenvolvimento regional e garantir mais qualidade de vida para a população.

Assim como a CAIXA, as empresas parceiras recebem o Selo Aliança pelas Águas Brasileiras, simbolizando a atuação em prol dos recursos hídricos.

Nesta segunda-feira (18/10), o Governo Federal deu início à Jornada das Águas, com roteiro de ações que começam no Rio São Francisco, no norte de Minas Gerais, percorrendo nove estados do Nordeste. Serão promovidas ações divididas em quatro eixos: infraestrutura, sustentabilidade, desenvolvimento econômico e social, e de melhoria da governança.

Assessoria de Imprensa da CAIXA

Eldorado1300

AGENDA

dezembro 2021
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Redação Redação

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado