Cidade Super Destaques

Legislativo promove amplo debate sobre protocolos de segurança para possível volta as aulas

Um intenso e prestigiado debate aconteceu na Câmara Municipal para avaliar e apontar protocolos de segurança e possibilidades para uma possível retomada das aulas de forma presencial. Como o município está obrigado a seguir o que rege o programa Minas Consciente, um dos objetivos é que quando permitido for “estejamos preparados e com segurança para enviar nossas crianças para a escola”, resumiu um dos proponentes da sessão, vereador Rodrigo Braga (PV). Janderson Avelar (MDB) também conduziu os trabalhos.

Deputados estaduais, promotores de justiça, mães de alunos, secretários do Executivo, além de médicos e vereadores tiveram a oportunidade de se posicionar sobre o assunto, nessa quinta-feira (10). Ponto comum entre todos é que somente após toda comunidade escolar vacinada a tranquilidade será reestabelecida para que os estudantes sejam recebidos em sala de aula.

Enquanto isso o secretário de Saúde Flávio Pimenta, informou que o ritmo da vacinação segue de acordo com a quantidade de doses que é disponibilizada pelo Estado ao município. Pela pasta da educação, a secretária Roselene Alves admitiu que um protocolo de segurança já está elaborado e que os técnicos atuam agora na elaboração de um protocolo pedagógico. Mas, de acordo com Roselene, “hoje não temos condições”.

Representantes do Ministério Público, os promotores não colocaram impedimento para uma possível retomada das escolas e citaram uma Nota Técnica divulgada pelo MP, ainda no fim do ano passado. O Promotor Paulo César da Silva reforçou que “se dependesse do MP da saúde desde dezembro passado às aulas teriam voltado”.

Mães de alunos também foram ouvidas e mostraram posições divergentes sobre o tema. Sindicatos das escolas públicas e particulares prestigiaram a reunião e também apresentaram pontos favoráveis e contrários para uma possível retomada no momento atual. Independentemente da situação, todos pregam segurança para os envolvidos.

O saldo do evento foi positivo, de acordo com Rodrigo Braga. “Cada um mostrou seu ponto de vista e saímos com alguns encaminhamentos para o Executivo, inclusive como forma de fiscalização. O momento é de preparação porque estamos atrelados ao Minas Consciente, mas quando estiver liberado que estejamos preparados para voltar as aulas com segurança”.

Encorparam os debates os vereadores Ivson Gomes (Cidadania), Caio Valace (Pode), Carol Canabrava (Avante), Ismael Soares (PP), Heloisa Frois (Cidadania), Marli de Luquinha (MDB) e o presidente do Legislativo Pr. Alcides (PP). Um dos dirigentes da sessão, Janderson Avelar (MDB) defendeu a inserção das escolas como serviço essencial e sugeriu que a “quem tiver condição de voltar, volta. Não podemos pagar pelos que não se prepararam”.

 

Ascom/Câmara Municipal de Sete Lagoas 

Eldorado1300

AGENDA

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Redação Redação

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado