Cidade Saúde Super Destaques

Sete Lagoas volta com taxa de ocupação de leitos de UTI em mais de 100%; veja no boletim desta quarta (28)

Reprodução

 Ministério da Saúde admite dificuldade em entrega de vacinas para aplicação da 2ª dose

Sete Lagoas chega nesta quarta-feira, 28 de abril, somando 17.191 contaminações por Covid desde o início da pandemia, com a confirmação de mais 86 novos casos positivos, de 50 mulheres e 36 homens. Estão sendo monitoradas pela Secretaria Municipal de Saúde 1.474 pessoas e 4.250 já tiveram o acompanhamento concluído. Os testes negativos somam 32.383 desde o início da pandemia.

Sete óbitos em decorrência de complicações da Covid foram incluídos: no dia 20 de abril, um homem de 63 anos que estava internado no Hospital Belo Horizonte, mas por ser morador de Sete Lagoas, entre para os nossos registros. No dia 25, uma mulher de 80 anos no Hospital Nossa Senhora das Graças. Ontem foram três óbitos: uma mulher de 23 anos no Hospital Municipal, uma mulher de 48 anos na UPA e um homem de 64 anos na Unimed. Hoje foram mais dois óbitos, ambos no Hospital Municipal. Uma mulher de 55 anos e um homem de 61 anos. Assim, a cidade chega hoje a 411 óbitos, 75 pacientes de Sete Lagoas hospitalizados com resultado positivo, 225 pessoas em isolamento domiciliar e 16.480 pacientes já curados.

Hospitalizados
Dos 116 pacientes internados hoje, 59 estão em UTI e 57 em enfermaria. Entre os internados em UTI, são 46 de Sete Lagoas, cinco de Inhaúma, três de Prudente de Morais, dois de Caetanópolis, dois de Cachoeira da Prata e um de Pompéu. Entre os internados, 90 testaram positivo para Covid, três tiveram resultado negativo e 23 aguardam resultados de exames. No Hospital Municipal estão 49 internados, sendo 28 em UTI. No Hospital Nossa Senhora das Graças são 18 internações, sendo dez em UTI, das quais nove em leitos do SUS. No Hospital da Unimed são 29 pacientes internados, sendo 13 em UTI. E na UPA estão hoje 20 internados, oito deles em UTI. Somando-se todos os leitos UTI Covid na cidade, tanto públicos quanto particulares, a taxa de ocupação está em 107,3%. Se considerarmos apenas os leitos de UTI do SUS, esse índice é hoje de 100%.

Esclarecimento
Em relação a um grupo de pessoas de Sete Lagoas que pretende distribuir o medicamento ivermectina à população, a Prefeitura esclarece que não tem qualquer envolvimento com ações de grupos privados, médicos, empresários, simpatizantes e políticos locais com relação a protocolo de tratamento precoce ou imediato para combate à Covid-19.
O Município enfatiza que segue as recomendações do Conselho Federal de Medicina, baseadas em evidências científicas que garantam a saúde do paciente. Esclarece ainda que o profissional médico detém autonomia para prescrever a medicação que achar apropriada ao caso. A Prefeitura ressalta ainda que nunca forneceu equipamentos de proteção individual ou insumos aos grupos citados, uma vez que isso fere os princípios do SUS: universalidade, equidade e integralidade. Sete Lagoas continua de maneira efetiva no combate à pandemia, orientada pela Ciência e pelas autoridades estaduais, nacionais e internacionais, sendo inclusive elogiada pela Secretaria de Estado da Saúde e pela Organização Panamericana da Saúde.

Vacinação
A campanha Vacinação Solidária segue em Sete Lagoas. De forma voluntária, quem se vacina pode doar alimentos que serão destinados a famílias em situação de vulnerabilidade social neste momento de pandemia. Apoiam a campanha a CDL Sete Lagoas e o Sicoob Credisete. Hoje é a vez da população de 62 anos receber a primeira dose da vacina Astrazeneca em três locais: no ginásio Dr. Márcio Paulino e nos estacionamentos das faculdades Santo Agostinho e Unifemm, em sistema drive-thru, até às 17h.

Na tarde de ontem receberam a segunda dose da Coronavac os idosos vacinados com a primeira dose até o dia 31 de março. Na parte da tarde, porém, houve falta ocasional de doses. A coordenação municipal da vacinação informa que foram aplicadas ontem 1.398 doses e que o quantitativo recebido pelo Município foi insuficiente para o total desse público. Vários municípios têm passado por essa situação, pois dependem 100% das remessas distribuídas pelo Estado. Essa população, porém, não ficará desassistida e um novo cronograma será anunciado na próxima semana, assim que o Município receber as doses faltantes. Uma nota técnica, divulgada nesta terça-feira, 27, pelo Ministério da Saúde, admitiu dificuldades na entrega da vacina e orientou a população a tomar a segunda dose da Coronavac mesmo que a aplicação ocorra fora do prazo recomendado pelo laboratório, sem prejuízo para a imunização.

Até esta terça-feira, 27, receberam a primeira dose da vacina em Sete Lagoas 34.197 pessoas. A segunda dose já foi aplicada em 18.730 pessoas. Quem perdeu a data para se vacinar de acordo com sua idade pode procurar um dos pontos de vacinação com documento com foto, cartão do SUS e comprovante de endereço em nome do idoso. Continue seguindo as recomendações de uso de máscara, higiene frequente das mãos e distanciamento social. Dúvidas: 3773-2576 | Denúncias: 190 | Informações: www.setelagoas.mg.gov.br/coronavirus

Renato Alexandre

Prefeitura de Sete Lagoas

Eldorado1300

AGENDA

setembro 2021
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Redação Redação

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado