Destaques Policial

Após vazamento, PM e Bombeiros informam que ‘tratamento precoce’ está em avaliação

Militares estão no grupo prioritário para vacinação

Protocolo indica uso de medicamentos sem eficácia comprovada para as tropas

Um protocolo médico da Polícia Militar (PM) que indica o chamado tratamento precoce contra covid-19 para policiais e bombeiros gera polêmica, uma vez que não há comprovação cientifica sobre a eficácia dos medicamentos contra a doença.

O documento da PM ainda não estava finalizado, mas vazou na internet. Com 40 páginas, o protocolo sugere a tropa duas opções do kit precoce: uma com o uso de hidroxicloroquina e outra sem o medicamento, mas em ambos com o uso de ivermectina, vitamina D, Zinco e Quercetina. O documento também indica também a quantidade a ser ministrada.

Após o vazamento, a PM e o Corpo de Bombeiros soltaram uma nota esclarecendo que o arquivo citado trata-se de minuta de um documento, ainda em avaliação, que contém orientações para médicos e pacientes que optarem por aderir às recomendações.

As instituições ressaltam, ainda, que a referida minuta não vincula e não obriga os médicos militares a adotarem quaisquer protocolos sugeridos, sendo apenas mais um referencial bibliográfico para pesquisas.

Bombeiros e policiais militares, assim como demais profissionais da Segurança Pública de Minas, estão no grupo prioritário da imunização contra covid-19. A vacina é a única arma cientificamente comprovada contra a doença.

 

Fonte: Itatiaia

Redação Redação

Redação Redação

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Redação Redação

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado