Agenda Cultural Entretenimento

“Meu nome é Maria”, um grito de alerta contra a violência

Obra dá voz a mulheres que sofreram violência doméstica disparando o gatilho da empatia.

Foi lançado na quinta-feira (25) o livro “Meu nome é Maria, de autoria de Elis Souza e Raquel Coelho, com uma temática forte e de alerta quanto à violência em desfavor das mulheres. O objetivo maior das autoras é que a obra alcance a todos, com uma linguagem simples e de fácil leitura.

O livro surgiu de um gatilho disparado pelo momento caótico ao qual vivem muitas mulheres, sendo violadas de direitos, oprimidas e violentadas das mais variadas formas, sem deixar de abordar o feminicídio, tão latente e pouco debatido pela sociedade, mas ao mesmo tempo, tão recorrente e divulgado pelas mídias de massa. Essa necessária demanda levou as autoras a colocarem no papel, até como forma de denúncia, relatos de mulheres que sofreram violência doméstica, falas de muito impacto e dor, que marcam e levam à reflexão sobre o cenário rude, egoísta e misógino tão frequente.

A psicóloga Elis Souza destacou a importância de se enxergar as histórias e dar voz às vítimas. “Se faz necessário que a sociedade civil, poder público e judiciário atente-se a essa questão e nós, como profissionais da área humana, como estudiosas do comportamento humano, decidimos agir em prol a essa causa. Não podemos ver pessoas morrendo e nos isentarmos dessa responsabilidade. É necessário fazer algo e o livro surgiu de forma intuitiva com o propósito de salvar vidas, resgatar, alertar, informar e dar voz a todas as mulheres”, ressaltou Elis.

Para a terapeuta sistêmica Raquel Coelho, reforçou a importância do olhar humanizado e empático nas relações, evidenciando que, abusos e violência não podem ser banalizados pela sociedade. “Nós precisamos fazer um movimento pro bem, assim contribuiremos para que as relações possam ser vistas como um instrumento de vida, união e amor entre o casal. Não podemos olhar para os relacionamentos abusivos como algo normal, apesar de ser comum. O normal é que sejamos felizes, realizados e que busquemos o equilíbrio nas relações, sempre para o mais”, enfatizou Raquel.

Lançado pela Autografia Editora, “Meu nome é Maria” tem 100 páginas, dividas em 18 capítulos e pode ser adquirido pelo site editor, para quem está fora de Sete Lagoas, no link: <https://www.autografia.com.br/loja/\> e clique na opção ‘livraria’. Também é possível comprar seu exemplar pelas redes sociais das autoras \<@raquelcoelho.constelacao\>, \<@corridaporelas\> ou \<@grupoempoderadas_\>. Cada exemplar será vendido por R$19,90, um valor simbólico para um grande propósito.

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado