Cidade Super Destaques

Sete Lagoas chega a 100% dos leitos de UTI ocupados e toque de recolher pode ser anunciado

Neste domingo (7), em ofício enviado à Superintendência Regional de Saúde, COSEMS Regional e Conselho Municipal de Saúde de Sete Lagoas, o secretário de Saúde de Sete Lagoas, Dr. Flávio Pimenta, comunicou que o município atingiu a capacidade máxima instalada dos leitos destinados à UTI Covid.
Sete Lagoas chega a 100% dos leitos de UTI ocupados e toque de recolher pode ser anunciado
Neste domingo (7), em ofício enviado à Superintendência Regional de Saúde, COSEMS Regional e Conselho Municipal de Saúde de Sete Lagoas, o secretário de Saúde de Sete Lagoas, Dr. Flávio Pimenta, comunicou que o município atingiu a capacidade máxima instalada dos leitos destinados à UTI Covid.

“Na oportunidade, informamos ainda que mesmo após a adoção de várias medidas por parte do nosso município para amenizar e controlar a Covid 19 o adoecimento e a disseminação da doença existe um grande número de pessoas infectadas que impacta diretamente na assistência à saúde ofertada à população. Diante do exposto, infelizmente não possuímos neste momento, disponibilidade de leitos para a admissão de novos pacientes”, afirmou o secretário.

Está marcada para a tarde desta segunda-feira, no gabinete do prefeito Duílio de Castro, coletiva de imprensa com o mesmo. Na oportunidade, novas medidas para contenção da doença serão informadas. Conforme apurou a redação, não é descartada a possibilidade de Sete Lagoas passar por um toque de recolher ou mesmo lockdown.
O alto número de novos casos confirmados diariamente e a situação crítica na oferta de UTIs têm levado governadores e prefeitos a adotar medidas mais duras, como vem ocorrendo em todo o país.
Atualmente Sete Lagoas possui, no total, 50 leitos exclusivos de UTI Covid e 38 de enfermaria.
“Na oportunidade, informamos ainda que mesmo após a adoção de várias medidas por parte do nosso município para amenizar e controlar a Covid 19 o adoecimento e a disseminação da doença existe um grande número de pessoas infectadas que impacta diretamente na assistência à saúde ofertada à população. Diante do exposto, infelizmente não possuímos neste momento, disponibilidade de leitos para a admissão de novos pacientes”, afirmou o secretário.

Está marcada para a tarde desta segunda-feira, no gabinete do prefeito Duílio de Castro, coletiva de imprensa com o mesmo. Na oportunidade, novas medidas para contenção da doença serão informadas. Conforme apurou a redação, não é descartada a possibilidade de Sete Lagoas passar por um toque de recolher ou mesmo lockdown.
O alto número de novos casos confirmados diariamente e a situação crítica na oferta de UTIs têm levado governadores e prefeitos a adotar medidas mais duras, como vem ocorrendo em todo o país.
Atualmente Sete Lagoas possui, no total, 50 leitos exclusivos de UTI Covid e 38 de enfermaria.

Toque de recolher
A medida, decretada por autoridades ou governos, proíbe a circulação de pessoas nas ruas após determinada hora. Em Fortaleza, o primeiro toque de recolher compreendeu período de 22h às 5h. Na entanto, desde a última semana, o toque de recolher foi ampliado para, na semana, ocorrer entre 20h e 5h.

Lockdown
A palavra em inglês traduzida para o português significa confinamento. O protocolo impede a circulação de pessoas e bloqueia o funcionamento de regiões. Também usado para proteger pessoas e sistemas de ameaças externas. Neste período pandêmico, proteção contra o novo coronavírus.

 

Com Plantão Regional

Eldorado1300

AGENDA

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Redação Redação

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado