Esporte

Com contrato até dezembro, Dedé terá futuro avaliado pelo Cruzeiro; parte financeira é grande entrave

Dedé, zagueiro do Cruzeiro, iniciou tratamento, em 2020, na Toca da Raposa — Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Uma das definições que o Cruzeiro fará, em breve, é sobre o contrato que possui com o zagueiro Dedé. O vínculo vai até o fim do ano, mas jogador e clube têm o objetivo de definir logo a situação. O atleta vem registrando atividades no gramado e com chuteira, no Rio de Janeiro.

Ainda sem previsão de retorno à Toca, a programação de Dedé segue, até este momento, no Rio. A recuperação é feita sem o trabalho direto do departamento médico cruzeirense.

Mas, a intenção de Dedé é de voltar a jogar no começo deste ano. E, por isso, precisará definir o seu futuro. Na avaliação que será feita em conjunto com o Cruzeiro, as partes financeira e física do zagueiro estarão em pauta.

Desde o rebaixamento do clube à Série B, Dedé vem recebendo valores dentro do teto salarial estabelecido (R$ 150 mil). Mas o salário original é bem superior e fora da realidade cruzeirense. A utilização de Dedé dependerá de um novo acerto, com uma renegociação de como os salários seriam pagos e o que acontecerá com os atrasados.

Novo diretor de futebol do Cruzeiro, André Mazzuco respondeu sobre a questão do jogador e sua utilização na próxima temporada. Em sua primeira entrevista, o executivo elogiou Dedé, mas disse que ainda estava entendendo toda a situação do clube.

– É um assunto em pauta, não só do Dedé, mas também de outros atletas. Mas é um assunto que não tivemos tempo de resolver. Estou chegando em BH hoje (quinta-feira), então vamos conversar muito sobre isso. Eu falo do Dedé como um profissional que acompanho. É um atleta de altíssimo nível, jogador de seleção brasileira, com qualidade indiscutível, mas que, infelizmente, sofreu essas mazelas do futebol, com lesões e dificuldades de recuperação. Não fosse isso, estaria atuando. A gente sabe disso. A questão contratual, que envolve a situação jurídica e financeira dele, a gente vai discutir na sequência para entender o cenário. A gente precisa, falando do Cruzeiro, no geral, pensar de maneira ampla, buscar as melhores soluções, trazer o equilíbrio de volta ao clube, buscar o entendimento de quem está aqui sobre o momento que o clube passa

Dedé realizou a cirurgia no joelho no começo do ano passado, com médicos de sua escolha e fora do escopo do Cruzeiro. Também fez a recuperação fora da Toca da Raposa, sem supervisão direta do clube, que acompanhou a rotina de trabalhos de longe, mas tendo contato com o zagueiro.

Ao mesmo tempo, o zagueiro busca voltar a atuar, após um ano e três meses fora dos gramados. Atuar no Cruzeiro seria uma forma de pegar ritmo de jogo novamente. Com Rodriguinho, no começo do ano passado, aconteceu situação semelhante.

Por Gabriel Duarte 

Ge.com

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado