Eleições 2018 – Dra. Ariadna Muniz e Douglas Melo foram os entrevistados da sexta-feira (14)

0
236

Nesta sexta-feira (14) o Programa Passando a Limpo deu sequência à série de entrevistas aos candidatos a deputado pela região sete-lagoana. Iniciando a entrevista do dia a Dra. Ariadna Muniz, que possui serviços prestados aos sete-lagoanos por meio da Fundação Ilton Rocha, que atende a média de 750 a 800 pessoas por dia, além de vínculo familiar com empreendedores na cidade, contou a Álvaro Vilaça e Wagner Oliveira suas propostas e razões para abraçar o pleito a Deputada Estadual.

Dra. Ariadna Muniz (PRB)

IMG_20180914_084002787

Por que você é candidata a Deputada Estadual?

Há mais de 25 anos sou médica e durante o percorrer da medicina vi a dificuldade do acesso das pessoas, só através da política a gente consegue atender e ter chancela para isso. Quem tá a frente do hospital tem que ser uma pessoa que conhece, então vi na minha experiência a possibilidade de aju8dar muito mais pessoas.

Dra. Ariadna conta ainda que pretende, se Deus permitir virar deputada, continuar prestando assistência médica, mostrando que não é difícil fazer, é possível. Tenho o projeto hospital sobre olhos, “Olhos de Minas”, a gente consegue atender as pessoas numa média de dois dias, essa estrutura fica dois dias numa região que não tem hospital oftalmológico, e nessa população farão palestras, diagnosticar, levantar, quem é para consulta, quem precisa fará os exames e até cirurgia. A gente consegue dar assistência a 10 mil pessoas, e venho sentido essa necessidade de levar esse acesso a todas as pessoas. Quero desempenhar isso e será minha bandeira para atender a toda Minas Gerais.

Dra. Ariadna conta que é vice-presidente estadual do PRB, e que o partido vem comungando com meus ideais, de uma pessoa de centro, de família, e lembrou do José de Alencar, que era do PRB, tendo realizado muito trabalho em Montes Claros, e quando ainda vivo se identificou com os propósitos do partido e estando nele há 12 anos. A perspectiva do partido é fazer 3 a 4 deputados estaduais e 3 a 4 federais.

Dra Ariadna aponta que o grande problema na política é que as pessoas transformam o cargo em profissão, o que está refletindo na opinião pública que desacredita na política e diz que não irá votar. Segundo ela esse é o momento de participar e efetivar o voto.

Sobre a corrupção na política, a candidata discorda do que assiste e diz que primeiramente precisa resolver os problemas dentro das casas. “O brasileiro quer sempre levar vantagem e não adianta querer uma transformação maior e não dar exemplo. Se você trata mal um funcionário, se faz um desconto indevido, em qualquer lugar do mundo isso é um absurdo”, conta. É muito fácil xingar naquele momento e não fazer nada para mudar. Ela considera o brasileiro acomodado, e reafirma que para exigir uma coisa maior é preciso começar a mudança em casa.

Em suas considerações finais a Dra. Ariadna abraçou o Vice prefeito Duilio e Castro, e o vereador Marcelo Cooperseltta, pelo apoio, e se colocou à disposição para ajudar Sete Lagoas, como o término do Hospital Regional por exemplo. Quero ser deputada de Sete Lagoas, pede ao povo que tenha consciência de votar em quem vai lutar por Sete Lagoas com prioridade.

Douglas Melo (MDB)

IMG_20180914_091912393

O Candidato a reeleição pelo MDB Douglas Melo foi o segundo entrevistado, de acordo com sorteio prévio e disse que é candidato a Deputado Estadual primeiro porque Sete Lagoas precisa de um representante que tenha serviços prestados e conheça a realidade da cidade. Ele lembra que conseguiu, levantando a bandeira da segurança, trazer viaturas e mudar a realidade da PM, além de trazer para a cidade a 19ª RISP. Ele afirma ainda que não quer só ser reeleito a Deputado, mas quer limpar a política de Sete lagoas e nunca mais ficará calado diante de fatos que representam algo ruim para a cidade, e quer ser reeleito para continuar trazendo os recursos que já trouxe e dar continuidade a projetos.

Douglas contou ainda que o crime do qual está sendo acusado, trouxe dor para sua família e pontua que desde o início de seu mandato pessoas o denunciam no Ministério Público em calúnias das quais todas são arquivadas. Ele lembra que abuso sexual é um dos crimes mais combatidos no Brasil, e se fosse verdade a acusação da qual está sendo vítima, o Ministério Público já teria o condenado de alguma forma. “Assumi o compromisso, motivado a lutar a partir de outubro com todas as suas forças para que a política de Sete Lagoas retire esses indivíduos do poder, lembrando que foi isento e que responderão a processo de calúnia e difamação.

Douglas diz que alguns políticos da cidade fazem o nível da política local cair, e o jogo dessa vez foi muito mais pesado, e ressalta que não vai descansar enquanto o Ministério Público não concluir esse inquérito, e afirma ainda que isso abrirá margem para que as pessoas conheçam quem faz uma política suja no município, inviabilizando o progresso da cidade.

Em sua explanação o deputado conta que lutou muito junto ao governo do Estado para duplicar a MG-424, políticos da cidade foram contrários a essa duplicação. Essa obra traria progresso para a região. Ele alertou ainda que a disputa pelo poder é normal, mas não se pode atrapalhar o desenvolvimento da cidade. Aconteceu o mesmo com o tratamento de Cancêr em Sete Lagoas, quando vários políticos comemoraram a possibilidade do descredenciamento do município por que o desgaste seria do deputado. “O meu mandato vai passar um dia, mas o tratamento tem que ficar na cidade”.

Ao lado da instalação da 19ª Risp, Douglas considerou a manutenção do tratamento oncológico da cidade como as maiores vitórias.

Quanto à segurança, Douglas afirma que a queda da criminalidade em Sete Lagoas é tão evidente que foi feita uma pesquisa entre os sete-lagoanos e a maioria afirmou que a segurança pública foi a área mais visível. A polícia está tanto nos bairros que as crianças voltaram a brincar nas ruas, e por toda melhoria ele parabeniza às polícias, Militar, civil e municipal pelo trabalho e serviços.

Em suas considerações finais, Douglas Melo pede ao cidadão de Sete Lagoas e região apoio e crédito no dia 7 de outubro, afirmando que é ficha limpa, e que o povo analise antes de votar, os trabalhos e serviços prestados, na segurança, na área da saúde, a cobertura do terminal urbano em andamento, pontes nas cidades rurais próximas à Sete Lagoas e assume o compromisso de ser um deputado atuante, e que trabalha só aqui na região para atender bem ao eleitor.

Acompanhe a reprise do programa Passando a Limpo aos domingos na Rádio Eldorado, sempre após as jornadas esportivas, e também no site SeteLagoas.com.br clicando aqui.

O próximo programa Passando a Limpo com candidatos acontecerá no dia 20 de setembro, quinta-feira entre os candidatos a deputado federal, Gilson Liboreiro (PHS) às 08h e às 08h30 Hudson Maciel (AVANTE).

Da Redação

 

 

 

 

Deixe uma resposta