Terrário

0
84
errários: práticos e exigem poucos cuidados

Com esse mundo corrido, o tempo para cuidar de plantas está cada vez menor . Por outro lado, viver nas selvas de pedras, sem um verdinho para alegrar a paisagem, é muito sem graça. Práticos, versáteis e bonitos, os terrários são ótima opção para dar um toque especial à decoração, além de serem ideais para quem gosta de plantas, mas não tem muito espaço ou tempo disponíveis.

Como montar

O processo de montagem é simples e exige um recipiente de vidro com ao menos uma face translúcida, areia de rio sem sal, granilha de cores diversas, casca de árvores, terra vegetal, pedras decorativas e mudas energizadas, além de um borrifador de água e uma colher ou pá pequena. “O primeiro passo é colocar uma camada de granilha para a drenagem, podendo misturar as cores para decorar, em seguida deve-se colocar uma camada de areia de rio para firmar a granilha e garantir a areação das raízes. Depois disso, é o momento de adicionar a terra ou substrato para receber as suculentas, espalhando-os em pequenos montes e pressionando para formar uma camada inclinada ou irregular”, explica Bruno José Esperança, diretor geral da Esalflores.

É hora de plantar as mudas de suculentas. O ideal é abrir um buraco do tamanho da raiz da muda com o auxílio de uma colher ou pá pequena, posicionando as raízes com cuidado. “O acabamento pode ser feito com casca de árvore, pedras decorativas ou outros materiais da preferência. Use o borrifador para retirar o material que ficou grudado nas mudas e umedecer a terra. Com o terrário pronto, basta escolher um local iluminado e regar semanalmente”, completa Bruno.

Deixe uma resposta